CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

“Represento as mães”, diz técnica após extrair leite em intervalo de jogo

Adia Barnes, treinadora de basquete, aproveitou o episódio para pedir um olhar mais empático para a rotina da maternidade

Por Da Redação Atualizado em 5 abr 2021, 19h20 - Publicado em 5 abr 2021, 18h00

Não tem hora e nem lugar. Essa máxima se encaixa perfeitamente na rotina de mãe e filho durante a amamentação, principalmente para as mulheres que optam pela livre demanda ou precisam extrair o leite. Neste domingo (5), a treinadora estadunidense Adia Barnes dividiu esse momento no intervalo de um jogo do campeonato de basquete feminino da NCAA.

A técnica da Universidade do Arizona e ex-campeão da WNBA demorou um pouco mais de tempo no vestiário em relação ao restante da equipe. O motivo foi a pausa que deu para amamentar sua filha de seis meses, a Capri.

A profissional aproveitou o momento corriqueiro da rotina de qualquer família com bebê para pedir um olhar mais humano. “Para aqueles que pensam que isso é muita informação, vamos normalizar as mães que trabalham e tudo o que elas têm que fazer”, comentou à imprensa.

View this post on Instagram

A post shared by Adia Barnes Coppa (@adiab32)

“Eu tive um bebê logo no início da temporada. E tirei uma semana de folga, dizem que tirei um mês, mas não tirei. Eu recebi ligações de Zoom quatro dias depois de fazer uma cesariana, então foi difícil. Mas minha equipe me amou. Eu perdi algumas semanas, fiquei um pouco doente, eles lutaram por mim. Eu voltei. Eles estavam paciente. Estou feliz”, completou Adie.

A treinadora ainda salientou que representa todas as mães. “Eu a ouço chorando, pronta para se alimentar. Você pode ser uma treinadora, você pode fazer isso em um nível de elite”, disse ao citar o apoio que recebe da sua rede de apoio.

Infelizmente,  a equipe do Arizona não ganhou a partida. Mas Barnes foi ovacionada nas redes como se tivesse saído com o título em mãos. “Minha equipe … meu coração! Isso dói, mas eles jogaram com toda a força e isso é tudo que posso pedir. Estou muito orgulhoso deles e do que conquistamos este ano!”, escreveu no Twitter após o jogo.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade