Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Tom Hanks e Rita Wilson ajudam na pesquisa da vacina do coronavírus

Ator e cantora vão doar sangue para ajudar na pesquisa pela vacina contra COVID-19

Por Ana Claudia Paixão - Atualizado em 25 abr 2020, 18h28 - Publicado em 25 abr 2020, 18h27

Depois de ser uma das primeiras celebridades infectadas, Tom Hanks sai mais uma vez à frente na luta contra o novo coronavírus. O ator, assim como sua mulher, a cantora e atriz Rita Wilson, confirmaram que se voluntariaram para ajudar na pesquisa contra a COVID-19. Os dois, que já estão curados, vão doar sangue para os pesquisadores testarem a vacina.

“Muitas das perguntas são: o que fazemos agora? Como podemos ajudar? E de fato, nós acabamos de descobrir que nós carregamos os anticorpos”, disse o ator em um podcast transmitido pela National Public Radio, a NPR.  Para manter o humor, o ator falou que negociou a contribuição pelo nome da vacina. “Gostaria que se chamasse Hank-ccine“, brincou.

Desde que ficou doente – e se curou – Hanks e Wilson se tornaram atuantes na luta contra o vírus. Assim que completaram a quarentena na Austrália, onde foram infectados, os dois voltaram para Los Angeles, mas não se afastaram da luta para ajudar as pessoas. Um menino australiano de 8 anos, que estava sendo assediado porque seu nome é Corona, escreveu para os dois preocupado se estavam bem. O ator se emocionou com a carta. “Sua nota nos fez sentir maravilhosamente melhores. Você é a única pessoa que conheço que é chamada de Corona, como a coroa ao redor do Sol”, ele respondeu ao menino. “Por isso pensei que essa máquina de escrever [da clássica marca Corona] seria um bom presente para você”, ele escreveu antes de emendar, “Pergunte a alguém mais velho como usá-la. E a use para me escrever de novo”.

A pérola da nota está no PS: “Você tem um amigo em MIM”, fazendo referência ao Woody, de Toy Story.  

Continua após a publicidade

 

Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva:

 

Publicidade