CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Pesquisa revela em qual momento do ano as pessoas estão mais carentes

As temperaturas do país acabam influenciando a nossa vontade de ingressar num relacionamento amoroso

Por Kalel Adolfo 1 jun 2022, 08h37

Você sabia que existe uma época do ano em que as pessoas estão mais carentes? De acordo com uma pesquisa do Inner Circle, app global de relacionamento, um terço da população nacional começa a buscar parceiros(as) no outono. O motivo? Ninguém quer passar frio sozinho durante a estação. O fenômeno inusitado se chama “Cuffing Season” — “Temporada das Algemas”, em tradução literal. 

Agora dá para entender aquela vontade súbita de ficar assistindo um filme com o crush debaixo das cobertas, né? A seguir, Crystal Cansdale, head de comunicação do Inner Circle, compartilha três motivos pelos quais o movimento — que é comum nos países do hemisfério norte — vem ganhando cada vez mais adeptos em terras brasileiras. 

Por que procuramos relacionamentos nas estações mais frias? 

No Brasil, a cuffing season começa no fim do verão, atingindo o seu ápice após o término do Carnaval. É aquele momento em que a poeira baixou, os flertes do feriado perderam a intensidade e as temperaturas começaram a diminuir. 

Para muitas pessoas, essa é a hora de sossegar e encontrar alguém para curtir as noites longas e frias que se aproximam. Os números obtidos pelo app de relacionamento confirmam isso: 34% dos brasileiros estão mais abertos a encontrar um amor neste período, enquanto 12% desejam ter mais dates

Confira as principais motivações que fazem essa época ser tão atrativa para o romance: 

Flerte de verão 

Segundo dados do Inner Circle, mais de um quarto (26%) dos brasileiros adora flertar durante o verão e o Carnaval. É aquela intensa fase de paqueras, e ninguém quer abrir mão disso para assumir uma relação mais séria. Porém, assim que esse período termina, a carência acaba fazendo as pessoas quererem relacionamentos duradouros. 

Continua após a publicidade

Dia dos Namorados 

Conforme junho vai se aproximando, dois terços (65%) dos brasileiros começam a se sentir pressionados para ter um parceiro(a) durante o Dia dos Namorados. Há toda uma  idealização acerca da comemoração, criando uma ansiedade generalizada em não passar a data sozinhos. 

Temperaturas baixas 

De acordo com os participantes da pesquisa, o frio representa um grande impeditivo para sair e encontrar pessoas em bares, baladas ou parques. Por isso, elas tentam encontrar um romance antes da chegada do inverno, a fim de ter companhia durante os meses gelados. 

Tenha autoconhecimento antes de entrar em relacionamentos 

“Há uma tendência geral em ficarmos mais felizes por estar solteiros durante o verão, quando há uma sensação de possibilidade e entusiasmo sobre quem você pode conhecer e para onde as coisas podem ir. Mas o inverno e o outono trazem mais noites dentro de casa e menos oportunidades de conhecer novas pessoas. Então é natural sentir a necessidade de ‘hibernar’ com um parceiro romântico durante os meses mais frios”, explica Crystal. 

Porém, o head de comunicação faz um alerta acerca da necessidade de não esquecermos o autoconhecimento no momento de buscar uma relação: “É importante ser honesto consigo mesmo sobre porque você está procurando um relacionamento e se você está realmente pronto para isso. Você só quer alguém para assistir Netflix e relaxar ou você está genuinamente pronto para dedicar tempo e esforço em um relacionamento?”, conclui. 

Continua após a publicidade

Publicidade