Família entra no BBB e pai é acusado por fãs de assediar a filha

Comportamento de Ayrton Lima em relação à filha Ana Clara está gerando desconforto em quem acompanha o reality show

Em sua décima oitava edição, o Big Brother Brasil. escalou quatro membros de uma família para entrar na “casa mais vigiada do Brasil” – pai, mãe, filha e sobrinho. No domingo (28), haverá uma votação para eliminar dois deles e os outros continuarão no reality show competindo como se fossem um só participante. O comportamento do pai Ayrton Lima, no entanto, está gerando desconforto em quem assiste ao programa. 

Em alguns momentos, ele demonstrou uma intimidade excessiva com a filha Ana Clara Lima que está sendo interpretada pelos espectadores como assédio sexual. O primeiro susto veio na primeira festa, quando Ayrton trocou um selinho prolongado com a filha enquanto segurava uma latinha de cerveja em uma das mãos.

Em outro momento, o pai e o sobrinho Jorge Lima seguravam Ana Clara na piscina – com a mãe Eva Lima ao lado –  e, após beijar a barriga da filha, Ayrton colocou a mão direita sobre a genitália da menina. Depois, Ana e o pai ficaram enroscados na piscina enquanto interagiam com o resto da família. Tudo isso em menos de 24 horas de programa.

Em outras duas situações, Ayrton ainda se deitou sobre a filha e fez movimentos de quadril sobre ela. Sobrinho e esposa estavam na mesma cama que eles da primeira vez que isso aconteceu, na segunda, apenas Jorge estava presente.

O comportamento de Ayrton está sendo criticado com força nas redes sociais e algumas pessoas se mobilizaram para pedir a saída da família inteira do programa – #ForaFamíliaLima, foi a hashtag criada.

Leia também: Família Lima nega assédio

+ Família Lima volta a causar polêmica