A mulher que ficou paraplégica após usar maquiagem de amiga

Jo Gilchrist contraiu uma infecção grave que a fez perder os movimentos das pernas

A australiana Jo Gilchrist, de 31 anos, não imaginava que fazer algo tão comum como pegar a maquiagem emprestada de uma amiga lhe traria consequências tão graves.

Jo usou um pincel de maquiagem de uma amiga para cobrir uma espinha. Um mês depois, ela começou a sentir fortes dores nas costas. Ao consultar um médico, ela descobriu que havia sido infectada por uma grave bactéria porque a amiga tinha um furúnculo.

A australiana foi infectada por MRSA, uma bactéria muito resistente a antibióticos, o que causou um dos mais perigosos tipos de infecção. “Acabei paralisada do peito para baixo. A MRSA entrou no meu corpo pela espinha do meu rosto e se instalou na minha medula espinhal”, explicou Jo ao jornal The Sun.

Segundo Jo, quando deu entrada no hospital em Brisbane, ela foi submetida a uma cirurgia e os médicos praticamente disseram que ela não resistiria à infecção. Contrariando as previsões, ela sobreviveu e, quase um ano depois e com ajuda de fisioterapia, conseguiu até recuperar o movimento das pernas.

Jo e seu filho

Jo e seu filho (Instagram/Reprodução)

Logo depois do ocorrido, Jo foi a um programa de TV australiano contar sua história. Na época, ela ainda estava na cadeira de rodas. No dia 20 de agosto, ela voltou ao mesmo programa andando, acompanhada do filho.

Jo voltando ao programa onde contou sua história, dessa vez andando

Jo voltando ao programa onde contou sua história, dessa vez andando (Channel 9/Reprodução)

“Deitada para a cirurgia, hiperventilando e dizer aos médicos ‘eu tenho um filho de dois anos que precisa de mim, sou tudo o que ele tem’ foi uma das coisas mais difíceis pelas quais já passei”, contou Jo. 

Leia mais: Rapaz de 17 anos confessa ter esfaqueado garota da mesma idade

+ Em despedida, Cauê Fabiano recebe presente de Fátima Bernardes

PODCAST – De onde tirar forças para enfrentar a dor