Rapaz de 17 anos confessa ter esfaqueado garota da mesma idade

A família de Ellie Gould quer que ela seja lembrada como "uma garota divertida, amável e alegre"; Thomas Griffiths está preso sob custódia

Thomas Griffiths, de 17 anos, confessou ter matado a estudante Ellie Gould, também com 17 anos, a facadas na casa dela em maio deste ano, em Calne, Wiltshire, na Inglaterra. A audiência aconteceu na corte de Bristol Crown, na manhã desta quinta-feira (29).

Thomas chegou a ser preso no dia em que o assassinato aconteceu, apesar de ele, inicialmente, afirmar que não tinha visto a garota naquela data. Não há informações sobre a motivação do crime.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Em depoimento, o detetive Jim Taylor disse que “a trágica morte chocou a comunidade de Calne, assim como os jovens, funcionários e professores da Hardenhuish School, onde Ellie estudava.”

“Nada vai preencher o vazio que a morte de Ellie vai deixar na vida daqueles que a conheciam, mas eu espero que a sentença que se aproxima proporcione a eles algum conforto e lhes permita lembrar de Ellie e das várias lembranças felizes que eles têm dela”, completou Taylor.

A família de Ellie gosta de relembrar a filha como uma pessoa “divertida, amável e alegre”. “Nós gostaríamos que Ellie fosse lembrada como uma gentil e carinhosa jovem com uma personalidade maravilhosa e divertida”, falaram os parentes da vítima ao Daily Mail.

A sentença de Thomas será dada até o dia 8 de novembro. Até lá, o réu permanecerá preso sob custódia.

Leia também: Ex-marido invade igreja e mata pastora que celebrava culto evangélico

+ Mãe ameaça matar professora do filho por ciúmes da relação entre os dois

PODCAST – De onde tirar forças para enfrentar a dor