Mulher é morta a tiros por chamar homens de “cornos”

Crime aconteceu em Brejo da Cruz, na Paraíba

Na última segunda-feira (26) uma dona de casa foi morta a tiros no município de Breja Cruz, no Sertão da Paraíba. Testemunhas revelaram que ela chamava homens de “cornos” em grupos do WhatsApp.

Rosália Maia, de 32 anos, era mãe de dois filhos e foi alvejada enquanto pilotava uma moto perto de sua residência. A polícia acredita que a motivação do crime tenha sido vingança, porque seguindo a linha de investigação, ela mandava mensagens em grupos xingando os homens.

A delegacia de Brejo da Cruz informou que existe muitos registros de difamação e injúria contra Rosália. “Ela era falastrona e enviava áudios nos grupos atingindo a honra das pessoas e uma das que se sentiu ofendida mandou executar. A princípio, não estamos tratando como feminicídio. É homicídio comum mesmo”, disse um investigador ao UOL. 

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Alguns áudios coletados mostravam Maia falando os nomes dos homens que estavam supostamente sendo traídos e como acontecia o adultério.

Testemunhas relataram ter ouvido seis tiros, e quando foram ver o que havia acontecido, viram Rosália já sem vida. A polícia local solicitou imagens das câmeras de segurança de ruas próximas, mas elas estavam desligadas.

Leia mais: Rapaz de 17 anos confessa ter esfaqueado garota da mesma idade

+ Ex-marido invade igreja e mata pastora que celebrava culto evangélico

PODCAST – Como pedir aumento de salário?