Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Ex-marido invade igreja e mata pastora que celebrava culto evangélico

Rose Meire Fermino de Andrade Mendonça foi atingida por três tiros disparados pelo ex-marido

Por Da Redação - Atualizado em 17 fev 2020, 14h03 - Publicado em 28 ago 2019, 17h51

Rose Meire Fermino de Andrade Mendonça, uma pastora evangélica de 48 anos, foi morta a tiros enquanto celebrava um culto na Igreja Pentecostal Bandeira da Vitória, na cidade de Aquidauana (MS), na noite de terça-feira (27).

Pastora Cida, como era conhecida, foi baleada três vezes. Ela foi socorrida e levada até um pronto-socorro da cidade, mas não resistiu. O ex-marido da vítima, Carlos Alberto Mendonça, confessou o crime à polícia depois de tentar cometer suicídio.

O homem, de 58 anos, invadiu a igreja e fez seis disparos ao todo. Ele foi encontrado por um de seus filhos por volta das 3h30 desta quarta (28) em uma casa nos fundos da igreja. Carlos teria dado uma facada no próprio peito e foi levado ao hospital, onde está internado em estado grave.

Apesar de seu estado, ele conseguiu prestar depoimento à polícia pela manhã e confessou ter cometido o crime por não aceitar a separação, ocorrida há duas semanas. Ele disse ter comprado a arma de um desconhecido.

Continua após a publicidade

O celular de Carlos foi periciado e a polícia descobriu que ele pegou 3 mil reais emprestados de um agiota para comprar a arma usada no crime. A pistola ainda não foi encontrada. Antes de cometer o crime, o homem teria deixado uma carta de despedida aos filhos.

Feminicídio

O Brasil é o quinto país no ranking de feminicídios no mundo. Em CLAUDIA, foram publicados mais de 40 casos de feminicídio ou tentativa desde o início deste ano, em todo o país.

O caso mais recente publicado foi de uma adolescente de 15 anos que foi estuprada e morta a facadas pelo seu vizinho de 17 anos. O rapaz ainda chegou a montar um “altar” para a vítima, com fotografias dela, velas, copos, garrafa de conhaque e cigarros.

Denuncie a violência contra a mulher. Ligue 180.

Continua após a publicidade

Leia mais: A triste história do casal de Rondônia que morreu fugindo da queimada

+ Confirmada a primeira morte por sarampo em São Paulo

PODCAST – De onde tirar forças para enfrentar a dor

Publicidade