CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Pulseira de Maria Antonieta com 112 diamantes é leiloada por R$ 40 milhões

Comprador anônimo arrematou a jóia por 8,1 milhões o dobro da estimativa inicial de venda da relíquia

Por Da Redação 10 nov 2021, 17h25

As joias usadas por Maria Antonieta foram leiloadas por 7,5 milhões de francos suíços (8,1 milhões de dólares, que convertidos para o real chegam em 40 milhões), quase o dobro do valor inicial pedido pela casa de leilões Christie’s em Genebra, como conta o G1. Maria Antonieta é uma figura histórica conhecida por ter sido a rainha da França, morta pela guilhotina durante a Revolução Francesa.

Veja também: Verão à vista: Conheça a tendência refrescante das roupas com laise

As joias vendidas foram duas pulseiras com 112 diamantes. Durante a Revolução Francesa, a rainha resolveu enviá-las para Bruxelas, antes de fugir com os filhos e o marido Luis XVI. As pulseiras chegaram à Áustria, país que foram produzidas e ficaram sob o poder de parentes da monarca que foi decapitada em 1793. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Christie’s Jewellery (@christiesjewels)

Outra joia que está prestes a ganhar um novo dono é um par de brincos que pertenceram a integrantes da dinastia Romanov, a família do último czar da Rússia. 

Os brincos são compostos de safiras e diamantes, e foram da tia do czar Nicolau II, a grã-duquesa Maria Pavlovna, que o tirou do país após a Revolução de 1917 que acabou com o regime imperial. O leilão será feito pela Sotheby’s em Genebra.

Continua após a publicidade

Publicidade