Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Eclipse solar total poderá ser visto nesta segunda (14)

Para quem não conseguir ver o fenômeno a olho nu, será possível conferir uma transmissão ao vivo da Nasa

Por Da Redação Atualizado em 13 dez 2020, 10h26 - Publicado em 13 dez 2020, 11h00

Esta semana vai começar com um evento especial para os amantes de astronomia. Na segunda-feira, dia 14 de dezembro, ocorre um eclipse solar que pode ser visto parcialmente em vários países da América do Sul, como o Brasil, e outras regiões do mundo.

Apesar da boa notícia para os brasileiros, o fenômeno só poderá ser visto em sua totalidade em pontos do Chile e da Argentina. O efeito vai durar 24 minutos, em que a lua nova vai passar sobre a face do Sol e cobri-lo completamente por pouco mais de dois minutos. O fenômeno está previsto para acontecer por volta do meio-dia e proporciona uma visão diferente de acordo com cada localização.

Caso não seja possível ver o acontecimento a olho nu de onde você está, a dica é que a Nasa vai transmitir ao vivo o eclipse na América do Sul, a partir das 11h40 (horário de Brasília) do dia 14 de dezembro.

O que é exatamente um eclipse solar?

Quando a Lua passa exatamente entre a Terra e o Sol, o astro que ilumina nosso planeta some por alguns minutos. O espetáculo só ocorre durante a lua nova e apenas nas ocasiões em que a sombra projetada pelo satélite atinge algum ponto da superfície do planeta. Aliás, é o tamanho dessa sombra que vai determinar se o desaparecimento do astro será total, parcial ou anular. Geralmente, ocorrem ao menos dois eclipses solares por ano.

  • Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva

    Continua após a publicidade
    Publicidade