Datena nega acusação de assédio: “Sou casado há 41 anos”

Apresentador negou acusação de assédio feita pela jornalista Bruna Drews

O apresentador José Luiz Datena se pronunciou sobre as acusações de assédio sexual feitas pela jornalista Bruna Drews, de 35 anos. Segundo ela, o apresentador disse que já se masturbou várias vezes pensando nela, que ela não precisava emagrecer pois “já era muito gostosa” e que era um desperdício que ela namorasse outra mulher. Datena negou todas as acusações.

Em entrevista à jornalista Keila Jimenez, ele afirmou: “Isto é calúnia. Sempre elogiei esta moça ao vivo no Brasil Urgente, como faço com outros repórteres homens e mulheres, pela beleza e competência acima de tudo. Ao vivo pra todo Brasil”.

Há uma representação protocolada no Ministério Público de São Paulo. Ao site Notícias da TV, Bruna diz que o assédio aconteceu no dia 7 de junho de 2018 durante uma confraternização e que só decidiu fazer a denúncia agora porque, depois do ocorrido, ela teve crise de pânico e depressão.

Leia mais: #SeEleEstivesseArmado reúne casos de agressão que poderiam ter tido final mais trágico
+ Um menino está preso em um poço e pode demorar dias para sair

“Na comemoração, repeti a ela que ela era muito bonita e que não precisava emagrecer, porque ela já era competente. Tirando isso, todo o resto é mentira, calúnia e delírio”, declarou o apresentador ao Notícias da TV.

A jornalista também move uma ação trabalhista contra a Band acusando a emissora de ter sido conivente com Datena. Ao Ministério Público, cabe decidir se abre investigação policial para apurar o caso ou se pede diretamente a abertura de um processo na Justiça.

“Ela há muito tempo vem pedindo vários afastamentos por motivos psicológicos alegando problemas de família, pessoais e trabalho. Sempre a apoiei como faço com os profissionais com quem trabalho e ela me agradeceu pessoalmente por isto nos poucos contatos que tive com ela na Band (foram raras às vezes que conversamos fora do ar)”, declarou Datena.

“No programa ‘A Fuga’ que fazia parte do ‘Agora é com Datena’ ela estava visivelmente mais magra e perguntei na frente de todos se estava com problemas. Ela disse que sim e iria procurar ajuda médica. Passou mal durante as gravações que mandei parar para que ela fosse atendida e retomar outro dia que estivesse melhor. No final das gravações deste programa dias depois no Bar do Tônico com boa parte da equipe, reiterei a ela que era bonita e competente e que não precisava emagrecer mais para trabalhar em TV, preocupado com sua saúde”, continuou.

“Quando eu soube desta mentira em respeito a minha mulher com que sou casado há 41 anos, meus cinco filhos e seis netos, tomei minha providências jurídicas contra esta profissional de quem espero que resolva seus problemas psicológicos que são muito anteriores aos fatos que ela descreve, de outra forma que não seja tentar destruir pessoas que quiseram ajudá-la. Tenho muitos defeitos mas este não está entre eles. Minha vida profissional tem em grande parte sido pautada pela defesa da mulher, diariamente no programa que faço”, disse Datena à colunista do R7.

Bruna Drews começou a trabalhar na Band em 2014 e se tornou repórter do ‘Brasil Urgente’ em 2015. Datena costumava elogiar a beleza da moça ao vivo e revelou que chegou a ter atrito com a esposa por isso. Na denúncia, Bruna diz que os elogios a deixavam constrangida.

Em um deles, ela diz, Datena pediu que o cinegrafista mostrasse todo o seu corpo. Bruna afirma que depois disso passou a ouvir comentários maldosos como “Lanchinho do Datena” e “Mina do Datena”. Confira aqui mais detalhes do caso.

Em comunicado, a Band disse que “o processo trabalhista em questão tramita em segredo de Justiça, a pedido, inclusive, da própria autora. A Band está impedida de se manifestar sobre o assunto”.

%d blogueiros gostam disto: