CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

A caminho do velório, familiares encontram o foragido que matou ex-esposa

Vanclécio Cordeiro matou a ex-mulher, Fernanda Siqueira, a facadas na frente dos parentes dela no meio da rua; ele não aceitava o fim da relação

Por Da Redação Atualizado em 20 nov 2018, 13h29 - Publicado em 20 nov 2018, 13h24

Vanclécio Cordeiro foi preso na manhã desta terça-feira (20) pela Polícia Civil no bairro Colégio, Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele matou Fernanda Siqueira, sua ex-mulher, com facadas no peito no meio da rua na frente dos parentes dela.

O homem foi capturado por familiares de Fernanda, que estavam indo para o velório da vítima. Segundo os relatos, eles perseguiram e seguraram Vanclécio até a chegada da polícia. Ele teve a prisão decretada na segunda (19), mas havia fugido.

Ao G1, Orlando Nunes, primo da vítima, contou o que aconteceu nesta manhã. “Eu, meu irmão e meu filho o avistamos andando na rua tranquilamente, como se nada tivesse acontecido. Nós paramos o carro e saímos correndo atrás dele. Quando eu cheguei, ele estava escondido embaixo de um carro. Chamei a polícia. A primeira coisa que ele falou quando o pegamos foi: ‘como é que ela está?’ A primeira pergunta que ele fez: ‘Como ela está? Eu não queria fazer isso, como é que ela está?’. É um conforto para família saber que ele está preso e que agora a justiça vai ser feita”.

O casal no dia do casamento Reprodução/Rede Globo

“Já temos duas testemunhas presenciais, que viram o autor dando a facada na vítima”, relatou o delegado Luís Otávio Franco ao RJTV.

Mais um caso de feminicídio

O casal se conheceu num hortifruti onde Vanclécio trabalhava. Eles se casaram em 2015, mas após três anos de casamento o ciúme dele tornou a relação doentia, contaram amigos. Fernanda decidiu se separar, porém ele não aceitava o término. Os dois viviam em casas separadas há cinco meses na rua Vicente de Carvalho, no Rio.

Só neste fim de semana, CLAUDIA noticiou outros dois casos de feminicídio. Na madrugada de domingo em Itapira, interior de São Paulo, um homem esfaqueou a ex-esposa e depois se matou enquanto segurava a filha recém-nascida.  Na madrugada de sábado, um empresário também usou uma faca para atacar a esposa e a filha de quatro anos.

Houve ainda um caso de tentativa de feminicídio. Uma atriz escondeu câmeras no quarto para gravar as agressões que sofria do marido. Ele tentou enforcá-la com um fio de telefone.

Siga CLAUDIA no Instagram
Continua após a publicidade
Publicidade