Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Atentado com carro-bomba em Damasco deixa mortos e muitos feridos

O ataque aconteceu no primeiro dia de trabalho depois de um feriado e, até o momento, deixou ao menos 21 mortos

Por Da Redação - Atualizado em 18 fev 2020, 12h41 - Publicado em 2 jul 2017, 12h23

Na manhã deste domingo (2), um atentado suicida com um carro-bomba aconteceu na praça Tahrir em Damasco, capital síria, deixando ao menos 21 mortos e muitos feridos. Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), que acompanha os conflitos, soldados, civis e o autor da explosão, que estava dentro do veículo, estão entre as vítimas e o estado dos que foram feridos é grave.

Leia mais: Guerra na Síria: 6 maneiras de ajudar efetivamente as vítimas

De acordo com reportagem do G1, uma emissora estatal síria afirmou que, na verdade, eram três carros-bomba. No entanto, os outros dois foram destruídos pelas autoridades antes de explodirem. Ainda segundo as autoridades sírias, o objetivo dos homens-bomba era atingir áreas de bastante movimento, logo após o feriado do Eid al-Fitr – que marca o fim do jejum do Ramadã.

Mohamed Tinawi, uma morador da praça onde ocorreu o atentado, contou à Agence France Presse (AFP) que ouviram “disparos às 6h e, depois, houve uma explosão, que arrebentou as janelas dos edifícios do bairro”.

Continua após a publicidade

Até agora, nenhum grupo terrorista assumiu a responsabilidade pelas explosões.

Leia mais: A dura situação das crianças na guerra da Síria

Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades!

Publicidade