Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Após ser assediada pelo chefe, jovem pede socorro em guardanapo

A funcionária, de 19 anos, foi agarrada pelo assediador, que ainda lhe ofereceu dinheiro e droga

Por Da Redação Atualizado em 31 Maio 2021, 13h51 - Publicado em 31 Maio 2021, 13h36

A funcionária de uma lanchonete em Chapecó, Santa Catarina, usou o guardanapo de um lanche que estava preparando para pedir socorro, na sexta-feira (28). De acordo com a Guarda Municipal (GM), a vítima tem apenas 19 anos e pediu por ajuda após ser assediada pelo chefe, o dono da lanchonete em que trabalhava.

O bilhete dizia: “Por favor, chame a polícia nesse endereço. Meu chefe está me assediando e está tentando me drogar. Sou cozinheira. Por favor, não é brincadeira.” Um casal, que recebeu o bilhete com a comida por delivery, buscou socorro para a vítima.

No local, a jovem contou aos guardas que os dois estavam sozinhos no estabelecimento, quando seu chefe, de 48 anos, tentou agarrá-la enquanto trabalhava. Segundo a mulher, ele ainda ofereceu 150 reais para que eles tivessem relações sexuais.

No depoimento, ela afirmou que o homem também propôs beber uma mistura de cocaína e vinho. A Guarda Municipal encontrou duas buchas de cocaína no estabelecimento.

O dono do restaurante foi levado à delegacia. De acordo com a GM, ele não foi detido e um inquérito será aberto para investigar o crime.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade