Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Após assédio contra mulher no Egito, médico brasileiro é preso

Victor Sorrentino, de Porto Alegre, publicou um vídeo nas redes sociais em que constrange uma vendedora no país, enquanto seus amigos dão risada

Por Da Redação 31 Maio 2021, 11h39

O médico brasileiro Victor Sorrentino foi detido durante uma viagem ao Egito neste fim de semana após um episódio de assédio contra uma comerciante.

Para o G1, a assessoria de Victor afirmou que ele precisou comparecer à delegacia para prestar esclarecimentos sobre o vídeo, publicado nas redes sociais, em que constrange a mulher.

Por meio de uma nota, o Ministério do Interior do país declarou que “conseguiu prender um estrangeiro após assédio a uma mulher, depois que ele publicou um vídeo com imagens do incidente em uma rede social, onde os serviços de segurança conseguiram identificar a vítima e o autor, e tomar as medidas judiciais contra ele e apresentar ao Ministério Público competente.”

É leitora de CLAUDIA? Responda essa pesquisa rapidinho pra gente te conhecer melhor!

O episódio aconteceu em um bazar do país. No vídeo, é possível ver a vítima, que é vendedora, mostrando como um papiro, papel utilizado pelos egípcios antigamente, é produzido.

Em português, Victor pergunta à mulher: “Vocês gostam mesmo é do bem duro, né?” Ele segue ofendendo a vendedora com a seguinte frase: “E cumprido (sic) também fica legal, né?”.

Sem entender o que o médico fala, a mulher responde “sim”. Os amigos dele também dão risada durante a gravação. No Instagram, o médico possui 1 milhão de seguidores. Com a repercussão do caso, a conta foi fechada.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade