Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

A história de Naya Rivera além da série “Glee”

Atriz, que teve sua morte confirmada pela polícia da Califórnia na tarde desta segunda, tinha apenas 33 anos e sonhava ainda em sair da TV para o cinema

Por Da Redação - Atualizado em 13 jul 2020, 19h19 - Publicado em 13 jul 2020, 18h32

A morte de Naya Rivera foi confirmada pela polícia do condado de Ventura, na Califórnia, região que a atriz desapareceu durante passeio de barco com o filho, Josey Hollis Dorsey, de 4 anos. A informação foi divulgada para a imprensa em uma coletiva na tarde desta segunda-feira (13). Segundo Bill Ayub, responsável pelas investigações, não há evidências de suicídio. “Ele e Naya nadaram juntos no lago (…). Foi durante esse período que o filho dela descreveu que Naya o ajuda a subir no barco. … Ele disse aos investigadores que olhou para trás e a viu desaparecer sob a superfície da água”, explicou Ayub. “Acreditamos que ela reuniu energia suficiente para colocar seu filho de volta no barco, mas não o suficiente para se salvar”.

Realmente, a atriz ficou famosa internacionalmente quando entrou para o elenco da série Glee, em 2009, mas, nos Estados Unidos, ela já era uma estrela desde criança. Aos quatro anos de idade estava no elenco da série The Royal Family e aparecia em comerciais e ensaios de moda. Em Glee, Rivera interpretou a personagem Santana Lopez, revelando seu talento vocal e até ensaiando uma carreira como cantora, já que em 2013 lançou um single, Sorry, com o rapper Big Sean, seu namorado na época. Naya se casou com o ator Ryan Dorsey, em 2014, porém se divorciaram quatro anos depois. Os dois são pais de Josey, que estava com a atriz quando ela desapareceu.

Charles Sykes/Bravo/NBCU Photo Bank/NBCUniversal/Getty Images

Nascida e criada na Califórnia, Naya conhecia bem o Lago Piru, que ficava a 32km de sua casa. Ela escreveu uma autobiografia em 2016, Sorry, Not Sorry, em que relatou parte das brigas dos bastidores da tumultuada série musical. Naya foi a primeira a revelar problemas pessoais com a estrela da série, Lea Michele, que nas últimas semanas tem sido criticada nas redes sociais e acusada de racismo. Lea saiu do twitter quando seu nome foi ligado à morte de Naya, mesmo sem ter nenhum envolvimento com o acidente.

Outra questão polêmica do livro foi quando a atriz admitiu ter feito um aborto depois de ter se separado de Ryan. A relação dos dois era tumultuosa e Naya chegou a ser detida por agressão doméstica, em 2017, quando teria batido no rosto do ex-marido. Os dois eventualmente chegaram a um acordo e se divorciaram em 2018. “Nunca me recuperei completamente do aborto”, ela escreveu em suas memórias. “Escolher entre fazer um aborto é mais difícil do que decidir ter um filho porque você faz a escolha sabendo, ou pelo menos acreditando, que muitos momentos de sua vida serão marcados por arrependimento”, comentou.

Sua grande paixão era o filho, Josey, a quem chamava de seu “maior sucesso”. Inspirada nele, Naya lançou uma coleção de roupas infantis seguindo a neutralidade de gênero. “Tudo o que faço é para ele, ele é tão legal e doce, temos uma grande ligação”, disse a atriz no lançamento da marca JOJO&IZZY. A última foto que a atriz postou nas redes sociais ela aparece beijando o filho e fazendo uma declaração de amor ao pequeno.

Continua após a publicidade

A morte de Naya Rivera contribui para uma crescente lenda urbana sobre o destino trágico do elenco de Glee. Mark Salling cometeu suicídio em 2018, dois meses depois de admitir ter material pornográfico infantil em sua casa. Um dos diretores da série, Jim Fuller, morreu em 2013 vítima de um infarto fulminante e a assistente de produção Nancy Motes (meia-irmã de Julia Roberts) se matou em 2014. No dia 13 de julho de 2013, o corpo do ator Cory Monteith também foi encontrado em um hotel no Canadá. O ator faleceu de overdose de drogas.

Amy Sussman/Getty Images

Naya Rivera desapareceu no dia 8 de julho, depois de mergulhar nas águas do Lago Piru, ao norte de Los Angeles. Ela alugou um barco na manhã da quarta-feira e saiu com o filho, Josey. Quando atrasou na entrega da embarcação, funcionários do parque foram atrás dela, mas só encontraram Josey, dormindo. A criança contou que sua mãe não tinha retornado da água, mas não sabia dizer onde ou a que horas ela teria mergulhado. As buscas começaram imediatamente, porém as águas são escuras e cheia de plantas e entulhos, dificultando os trabalhos.

No domingo (12), a polícia teve acesso a última foto que a atriz teria feito com Josey, perto de um trecho rochoso do lago e passou a concentrar a busca na região. Na manhã de segunda (13), encontraram o corpo boiando. A família da atriz ainda alimentava esperança de encontrá-la com vida, mas a polícia já tinha descartado a possibilidade depois de 48h do desaparecimento.”Foi uma tragédia e uma montanha-russa de emoções para eles”, disse um dos mergulhadores. “O desaparecimento e dias sem saber ao certo, espero que agora de alguma forma, exista uma possibilidade de conclusão para eles”, disse.

Colegas do elenco de Glee foram às redes sociais homenagear Naya Rivera. “Descanse em paz”, tuitou Jane Lynch.

Continua após a publicidade

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade