Clique e assine com até 75% de desconto

Os segredos do guarda-roupas da Rainha Elizabeth

No mês de abril, o editor de moda de CLAUDIA, Fabio Ishimoto, destaca semanalmente looks azuis das mulheres da Família Real

Por Colaborou: Maria Clara Serpa 16 abr 2020, 16h00

A Rainha Elizabeth II completa 94 anos na próxima terça-feira (21). Por isso, ela é a escolhida de hoje, para ter 5 de seus looks azuis comentados pelo editor de moda de CLAUDIA, Fabio Ishimoto. Ao longo desse mês, o editor destaca semanalmente 5 looks azuis marcantes das mulheres da Família Real. Na última semana, falamos de Kate Middleton e explicamos o porque de a cor ser a preferida da monarquia.

O guarda-roupas da Família Real é cheio de regras e protocolos, que são ainda mais restritos à Rainha. Seu estilo é marcado, principalmente, por conforto e elegância, além de muitas cores vibrantes. “As cores vibrantes dão o devido destaque à monarca em meio a multidões e as roupas confortáveis tornam-se indispensáveis quando são exigidas trocas de vestimenta por até cinco vezes, como em grandes celebrações, por exemplo”, explica Fabio.

A Rainha possui uma grande equipe que cuida de suas produções, mas a palavra final para a escolha é sempre dela mesma. Para cada ocasião, são sugeridos pelo menos 4 looks para a monarca. É preferível sempre que as roupas sejam feitas de tecidos mais encorpados e que não amarrotem, para que ela possa ir de um lugar ao outro sem se preocupar.

Os acessórios também são minuciosamente planejados. A Rainha possui uma grande coleção de jóias de família, mas acredita-se que ela sempre varia entre as mesmas 30 peças. No dia a dia, está sempre com colares e brincos de pérolas discretos e broches da mesma cor das roupas. Para a bolsa, que deve ser sempre carregada na mão esquerda para que a outra mão esteja livre para cumprimentos, a monarca opta sempre pelo modelo clássico da grife inglesa Launer. Os sapatos, normalmente pretos, não podem ter o salto muito alto e devem sempre ser amaciados por outra pessoa antes do evento para garantir o conforto da Rainha.

“Algumas ousadias são permitidas, mas sem extravagâncias: estampas florais devem ressaltar seu tom de pele e os olhos azuis”, diz o editor. Os chapéus também são muito presentes nos looks das mulheres da família. O acessório vem de uma tradição histórica. Até aproximadamente os anos 50, não era bem visto que as mulheres da realeza mostrassem todo o cabelo, por isso, apareciam sempre de chapéu ou algum acessório na cabeça. Apesar de não ser mais uma obrigação, é uma tradição ainda muito adotada. A própria rainha tem uma coleção com mais de 500 peças. Acredita-se que as luvas, também sempre presentes, funcionam como forma de higiene, já que ela cumprimenta muitas pessoas nos eventos.

As cores vibrantes para os looks, que são quase sempre compostos por conjuntos de saia e casacos ou blazers da mesma cor, são escolhidas de acordo com o evento. Em viagens, por exemplo, é comum que as mulheres, inclusive a Rainha, escolham cores da bandeira do país que estão visitando como uma homenagem. Apesar disso, para eventos importantes muitas vezes a monarca prioriza o azul, cor de grande significado para a realeza, que é a sua preferida da governante. Uma pesquisa da Vogue UK mostrou que ela usa a cor 30% mais do que qualquer outra.

Confira abaixo 5 dos looks azuis mais icônicos da Rainha Elizabeth II, além de mais curiosidades sobre as produções da monarca.

Pinterest/Reprodução

A primeira de escolha de Fabio foi usada pela Rainha em 2016, durante viagem à Edimburgo com seu marido, Príncipe Phillip. Provavelmente como homenagem a bandeira da Escócia, ela escolheu um longo casaco azul, com detalhes em passamanaria. “Este é um belo exemplo de seu estilo inimitável: traje monocromático com vestido nos mesmos tons do casaco, broche e colar de pérolas”, explica o editor. O chapéu com detalhes iguais ao do casaco também é um clássico.

 

Continua após a publicidade
Pinterest/Reprodução

Os eventos de gala, como bailes, são os únicos momentos em que a Rainha usa vestidos longos ao invés das clássicas peças na altura dos joelhos. Nessas ocasiões, a monarca também investe em mais detalhes, como bordados e rendas, que são mais chamativos, porém, busca combiná-los com cores um pouco mais sóbrias, como é o caso deste azul marinho. Os detalhes chamam atenção por si só. “As jóias com pedras no mesmo tom do vestido e acessórios pretos são clássicos de seu guarda-roupa. Sobriedade e elegância”, diz Fabio.

 

Continua após a publicidade
Mark Cuthbert/Getty Images

Para o centenário da GCHQ, um serviço de inteligência britânico, a Rainha Elizabeth escolheu mais um dos seus clássicos conjuntos monocromáticos. Para os acessórios, luvas, bolsa e sapatos pretos. O par de calçados é da marca Anello & David of Kensington, que são usados pela monarca há mais de 50 anos. Cada um dos pares leva dias para ser feito, já que são produzidos manualmente. O colar de pérolas e o broche também estão sempre presentes nos seus looks. “O arranjo de penas no chapéu trouxe contraste e descontração”, diz o editor.

 

Continua após a publicidade
Mark Cuthbert/Getty Images

Em uma das comemorações de seu Jubileu de Diamante, a escolha da rainha foi mais um conjunto azul, dessa vez mais claro. O visual impecável foi garantido pelo casaco midi de tweed e chapéu feito especialmente para a roupa, com o mesmo material. “A bolsa da marca Launer é o mesmo modelo usado há mais de 50 anos, já virou sua marca registrada”, conta Fabio. A marca de acessórios inglesa, inclusive, criou este modelo feito com couro de bezerro especialmente para ela, que já era fã das peças. Acredita-se que tenha mais de 20 modelos em sua coleção.

 

Continua após a publicidade

Os guarda-chuvas também servem como acessório para a Rainha. Há mais de 15 anos, a marca Fulton cria seus famosos guarda-chuvas transparentes com detalhes nas cores exatamente iguais as das roupas da governante. A Rainha-mãe já comprava o mesmo modelo da marca. Em 2003, durante uma cerimônia em Edimburgo, ela combinou o look azul marinho, composto por vestido estampado e um casaco midi, com o modelo transparente com detalhes azuis. “O guarda chuva trouxe um toque de humor para a produção”, afirma Fabio.

  • Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva:

    Continua após a publicidade
    Publicidade