CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Calcinha promete ajudar mulheres que sofrem com incontinência urinária

A incontinência urinária afeta a vida de 35% das brasileiras com mais de 40 anos. Para além do tratamento, há alguns meios de melhorar a rotina

Por Anna Paula Chagas Atualizado em 14 out 2021, 12h57 - Publicado em 14 out 2021, 12h43

A perda involuntária de urina é um problema que assombra muitas mulheres. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), a incontinência urinária atinge aproximadamente 35% das mulheres com mais de 40 anos, especialmente após a menopausa. Gestantes também sofrem com o problema – cerca de 40% delas – devido ao aumento de peso sobre a bexiga. 

Por causa do tabu em torno do tema, muitos casos não são diagnosticados. As mulheres têm vergonha de procurar um médico e falar dos escapes. Além do tratamento, é preciso pensar também em ferramentas que melhorem a rotina, que ajudem a evitar os escapes ou a troca constante de roupa.

Veja também: 5 marcas ecofriendly incríveis para você conhecer

Há absorventes, por exemplo, com esse intuito, feitos especificamente para a incontinência urinária. Olhando para esse grupo de mulheres, a Pantys pensou em se basear em seu produto chave, a calcinha absorvente, para criar mais uma solução. A calcinha desenvolvida absorve até 100 mililitros de urina e é especial para um fluxo totalmente líquido e pouco espesso, diferentemente do fluxo menstrual.

Essa característica é resultado do desenvolvimento de um forro diferenciado, descrito como ultra-absorvente. Disponível do P ao GG, o modelo ainda é feito de tecidos biodegradáveis e a produção é carbono neutro.

Quatro modelos usando calcinha Pantys
Pantys – Calcinha Dry Divulgação | Arte: Catarina Moura/Divulgação
Modelo usando calcinha Pantys
Foto/Divulgação
  • Continua após a publicidade
    Publicidade