Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

A volta do Balonê: como usar o volume e a ousadia a seu favor?

Entre mangas estruturadas e saias de princesa, tendência viral dos anos 2000 volta com tudo

Por Sarah Brito
21 set 2023, 11h51

Revisitar tendências é uma das principais características para o ano de 2023, principalmente quando assunto é sobre moda e estilo. Sabe aquela frase que diz que a moda anda em círculos? É um fato! E, desta vez, as passarelas resolveram resgatar um dos itens que mais bombaram entre 2005 e 2010: o balonê.

O volume estruturado característico dessa modelagem foi visto de diferentes maneiras na última Semana de Moda em Londres. E seja em mangas, em saias, ou até mesmo em vestidos, utilizar o volume a seu valor pode desmistificar o ousado e deixar o seu visual mais moderno e interessante. 

Quer mergulhar neste revival do balonê de maneira moderna? A consultora e pesquisadora de moda Caroline Garcia traz todas as dicas.

O volume democrático do Balonê

E quem disse que conforto também não pode ser tendência? “O balonê tem uma coisa superinteressante, porque apesar de ser volumoso, essa modelagem mais extravagante também pode ser muito confortável. Eu, particularmente, acredito que seja uma modelagem muito democrática em quesito de corpos, justamente porque não é uma coisa que contorna as curvas, dando a impressão de que não tem como a gente saber que tipo de corpo temos ali embaixo”, conta a consultora.

No entanto, ela acrescenta que, apesar de democrático do ponto de vista das silhuetas, o balonê pode ser marcante, exaltando a criatividade do look. “Essa é uma modelagem para quem gosta de um visual mais criativo, que permite  brincar com as possibilidades, associando sempre ao conforto.  Ele pode ser difícil para quem tem um estilo mais clássico. Agora, para quem não tem medo de ousar, ele é perfeito para garantir extravagância.”

Continua após a publicidade

Bufante x Balonê: Qual a diferença?

A estrutura é a primeira coisa que vem à mente quando pensamos em volume – e é exatamente aí que mora a diferença entre o bufante e o balonê. “Visualmente, ambos acabam sendo bastante parecidos, porém possui um diferença pontualmente técnica de modelagem. No balonê, você possui a  parte de baixo da costura virada para dentro, formando uma espécie de forro, que dá segmento. Então ela fica exatamente como se fosse um balão, ao contrário do bufante, que delimita a manga e possui um franzido na parte de cima”, explica Caroline, minuciosamente.

Como usar o balonê?

Carol conta que para utilizar o balonê não existe muito segredo: basta escolher o volume para aquela parte do corpo que você quer ressaltar. “Bons básicos servem para você coordenar com o balonê. Com essas peças mais básicas, você faz com que o volume circule melhor no dia a dia. Uma saia baloneira, até mesmo com um tecido mais brilhante, cai bem com uma camiseta branca, por exemplo. Daí pra frente você pode decidir se vai usar com salto ou com tênis, tornando mais ou menos casual”, enfatiza a consultora.

Seja em mangas ou saias, o balonê precisa ser entendido como o ponto focal do seu look, já que, naturalmente, o volume maior atrai o olhar. Para equilibrar a silhueta, é interessante utilizar combinando com outras peças mais enxutas.

Continua após a publicidade

Diferente do que acontecia lá em 2010, a modelagem pode ser facilmente encontrada em camisas, calças e até mesmo bermudas. Tem para todos os gostos, “A bermuda talvez seja a mais ousada de todas as as propostas balonesas em termos fashionistas, mas é super possível para diversas ocasiões, principalmente para uma geração que adora brincar com o estilo, associando tendências ao ultramoderno”, finaliza Carol.

Está pronta para reviver esta tendência para a próxima temporada de primavera/verão

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.