Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Estupro e violência: as graves acusações de Duda Reis contra Nego do Borel

Em entrevista ao Fantástico, Duda Reis contou em detalhes os motivos que levaram ao fim do relacionamento e as denúncias

Por Da Redação 18 jan 2021, 16h42

Duda Reis, atriz e influenciadora digital, concedeu ao Fantástico uma entrevista neste domingo (17)  em que detalhou os motivos que levaram ao término do relacionamento com o cantor Nego do Borel. Aos 19 anos, a atriz acusa o cantor de lesão corporal, estupro de vulnerável, injúria, ameaça, violência doméstica e transmissão de HPV (infecção sexualmente transmissível). As acusações foram feitas nas redes sociais e registradas na polícia. Nego do Borel nega todas as acusações.

O relacionamento de Duda Reis e Nego do Borel durou um pouco mais de 2 anos, em meio a confusões que envolviam o casal e a família da influenciadora.

Em decorrência dos traumas vividos, a jovem foi diagnosticada com depressão, síndrome do pânico, bulimia e anorexia, por isso, tomava remédios que a deixavam dopada. Nesses momentos, ela afirma que ex-noivo tinha relações sexuais com ela sem o seu consentimento. Quando questionada se ela tinha consciência, Duda Reis afirmou: “Não, não tinha consciência.”

“Quando eu tive essa consciência eu fiquei muito mal. Como eu passei e me submeti a muitas coisas e quieta. Isso que é pior.”

Nego do Borel também recebeu a equipe do Fantástico para contar a sua versão dos fatos e negou o estupro. “Eu não fiz isso, estupro é uma coisa muito séria.” O cantor ainda completou: “Não houve sexo sem o consentimento dela. Isso que ela está falando é mentira”.

Sobre as denúncias de agressão, Duda relembrou a vez em que foi para o Carnaval sozinha na Sapucaí. No episódio, o cantor pressionava para que ela fosse embora logo e pedia para pessoas espionarem ela. “Quando eu cheguei lá (em casa), ele estava me esperando na cozinha segurando uma faca. Ele estava muito fora de si. Fiquei com muito medo naquele dia.”

“As agressões eram constantes, principalmente as verbais. Vai tomar naquele lugar, vai se…, vagabu…, entendeu? Era confuso, porque ao mesmo tempo que ele gostava da minha pessoa magra, ele criticava. Ele falava: ‘Nossa, olha aquela mulher ali, que corpão!’ e eu me sentia muito mal. Era uma violência muito silenciosa pra mim, mexia muito com a minha autoestima.”

Por mais de uma vez, Nego do Borel negou as falas da atriz, dizendo que era mentira. “Eu sempre falava pra ela: ‘Amor, olha só, você é linda, você é bonita”, afirmou à reportagem.

Além das agressões psicológicas, Duda também falou das agressões físicas. O fato que ela expôs foi em um aniversário do cantor, com  várias testemunhas, em que o cantor foi para cima dela e a jogou em cima de várias cadeiras.

“Ele vinha em cima de mim, ele quebrava as coisas na casa quando ele ficava nervoso. Falava: ‘eu tô quebrando pra não quebrar você’. Teve episódio que ele conseguiu quebrar uma porta no meio dando cabeçada pra não me quebrar.”

O cantor nega ter empurrado Duda e afirma que os dois brigaram como um casal, gritando um com o outro de igual para igual. Nega também ter quebrado objetos em casa. Citou um fato isolado em que o vídeo game escapou de sua mão e quebrou a televisão.

Continua após a publicidade

Sobre as ameaças, Duda conta que constantemente sofria diversas intimidações, até de morte, que não se restringiam a somente ela, mas a sua família também.

“Eu tinha certeza que não era minha filha falando”, disse o pai de Duda Reis sobre um antigo vídeo publicado pela filha declarando que ela não havia sido agredida, após uma denúncia da família da atriz. Duda disse que foi obrigada a gravar o vídeo: “Eu estava sentada, ele na minha frente, em gritos, me mandando gravar, pra eu cuidar da minha família. Se eu quisesse minha família viva, eu teria que gravar o vídeo.” Após isso, houve um distanciamento entre a influenciadora e sua família.

“Ele sempre reforçou que eu era só dele e que eu não era de mais ninguém”

Duda Reis

 

Duda Reis declarou em boletim de ocorrência que seu ex-noivo possui uma arma em casa. Durante a entrevista ela revelou: “Inclusive não é o fuzil que ele posta e mostra. O fuzil que eu vi era todo preto”. A única arma encontrada foi uma arma de airsoft (arma de pressão) que está sob posse da polícia. O funkeiro nega que possua alguma arma de fogo.

A ex-namorada e ex-assessora de Nego Borel, Swellen Sauer, confirmou que o cantor apresenta sim comportamento agressivo e que chegou a ser agredida na costela pelo funkeiro em um camarote e enforcada com um carregador de celular ao ponto de lhe faltar o ar. Assim como ele nega as agressões à Duda Reis, também negou as agressões à ex-namorada.

“As pessoas duvidam muito da gente e ai eu entendo porque muitas vezes a gente não fala”

Swellen Sauer

 

Questionado se as mulheres estavam mentindo sobre acusações, Nego do Borel respondeu: “Em muitas coisas elas estão mentindo. Eu traí, assumo o meu erro, peço perdão e desculpa a Duda”.

Duda finalizou a entrevista afirmando que “quando uma mulher está ferida, nenhuma outra está bem”.

Assim como Duda Reis, Nego do Borel registrou um boletim de ocorrência. O cantor acusa a influenciadora de injúria, calúnia e difamação.

Após as denúncias de Duda, a justiça determinou medidas protetivas contra Nego do Borel, que não pode se aproximar de Duda ou manter contato via telefone. Antes da denúncia formal, outros dois registros já haviam sido registrados pela própria polícia na Delegacia da Mulher em consequência dos vídeos publicados.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade