Clique e assine com até 75% de desconto

Taís Araújo e Lázaro Ramos estão entre mais influentes do mundo

Casal figura lista de 51 personalidades importantes para o movimento negro, como a cantora Beyoncé e a escritora Chimamanda

Por Da Redação Atualizado em 27 set 2017, 16h57 - Publicado em 27 set 2017, 16h53

Os atores Taís Araújo e Lázaro Ramos receberam na última terça-feira (26) o prêmio Most Influential People of African Descent, da ONU, em Nova York. O honraria reconhece as personalidades afrodescendentes influentes com menos de 40 anos. Ndaba Mandela, neto de Nelson Mandela, esteve presente durante a celebração.

A lista inclui outra brasileira, Adriana Barbosa, que criou um espaço de exposição de produtos e serviços voltados para negros, batizado como Feira Preta. A cantora Beyoncé, a escritora Chimamanda Ngozi Adichie e o piloto Lewis Hamilton foram outros nomes apontados pela entidade.

“Como atriz, sempre quis levar as pessoas à reflexão”, escreveu Taís Araújo em sua conta no Instagram. A atriz foi uma das apresentadoras e discursou na ocasião. “Falei com o coração e foi muito importante para mim”.

View this post on Instagram

Minha cara de pau me leva a lugares que jamais imaginei. Talvez nem em sonhos. Mas meu trabalho (e tantas personagens depois) me levou a participar de uma mesa na Universidade de Columbia, em Nova York. O que acredito que só aconteceu porque meu desejo como atriz sempre foi levar as pessoas à reflexão. E foi delicioso, tirando o susto de saber que era um discurso e que ele foi feito de improviso, em inglês. Meu inglês que até é direitinho pra uma mesa de bar, mas pra um discurso… Bom, falei com o coração e foi muito importante pra mim. Muito obrigada a todos que estiveram lá, obrigada a todos os representantes dos países africanos e da diáspora que me enriqueceram com nossa cultura. Muito obrigada!

A post shared by Taís Araujo (@taisdeverdade) on

Continua após a publicidade

Lázaro também falou sobre o tema nas redes sociais. “É uma alegria, mas também um chamado à responsabilidade com tudo o que faço e farei”, escreveu.

View this post on Instagram

Ontem aqui em Nova York foi muito especial. Foi um chamado. Estar na lista dos 100 afro descendentes com menos de 40 anos mais influentes do mundo é uma alegria mas também um chamado a responsabilidade com tudo o que faço e farei o que Digo e direi e como nfluencio e sou influenciado. Tô mexido. Compartilho com vcs algumas fotos com Judith Jameson, com Tais ( que também está na lista), Ndaba Mandela, A miss cabo verde ( que aliás tinha o Na minha Pele), a querida empreendedora e amiga Adriana Barbosa (Que também está na lista). E no fim um vídeo deles. Inesquecível!!! #mipad

A post shared by Lázaro Ramos (@olazaroramos) on

  • Continua após a publicidade
    Publicidade