CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Acidente no set de ‘Rust’ pode ter sido sabotagem, suspeita advogado

Defensor da armeira Hannah Gutierrez apontou durante entrevista que a tragédia no set da produção pode ter sido premeditada

Por Da Redação 4 nov 2021, 13h15

O advogado que representa Hannah Gutierrez-Reed, a armeira do set da produção do filme Rust, alegou que o acidente que ocorreu durante as gravações e levou à morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins pode ter sido um ato de de sabotagem por membros descontentes da equipe de filmagem. 

Em fala à NBC, o advogado da armeira declarou que sua cliente carregou a pistola com munições de uma caixa de balas cenográficas antes da mesma ser entregue a Alec Baldwin por Dave Halls. O defensor ainda apontou que Hannah não sabe a procedência da bala real, que também levou ao ferimento do diretor Joel Souza.

Ainda segundo as declarações do defensor, a conclusão é de que alguém colocou balas reais na caixa que deveria haver apenas balas cenográficas e que, se seguirem esta linha de raciocínio, a pessoa responsável por tal ação, tinha como objetivo único e principal sabotar o set.

Questionado pela imprensa sobre quem poderia ser o responsável por querer prejudicar a produção do longa, o advogado apontou um grupo de funcionários insatisfeitos, que se retiraram do set algumas horas antes do acidente.

Diversos relatos sobre a referenciada equipe de cinegrafistas que havia se demitido um dia antes da tragédia já foram divulgados. As exonerações foram motivadas principalmente pela segurança com as armas de fogo e explosivos no set.

Até o momento, nenhuma acusação criminal foi apresentada pela Justiça. O questionamento de quem será responsabilizado pela morte de Halyna segue em curso.

Continua após a publicidade

Publicidade