Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Repórter se retrata e inocenta Datena da acusação de assédio

Em janeiro, ela acusou Datena de assédio sexual

Por Da Redação - Atualizado em 16 jun 2020, 13h57 - Publicado em 26 out 2019, 15h44

A repórter Bruna Drews, que em janeiro havia acusado o apresentador José Luiz Datena de assédio sexual, registrou em cartório documento se retratando e inocentando o âncora de Brasil Urgente, da Band. Segundo o jornalista Leo Dias, colunista do Uol, no documento ela admite que mentiu na acusação de assédio e diz que os comentários do apresentador sobre ela durante o programa nunca a incomodaram, que eram brincadeira. O caso deve ser arquivado.

Bruna ainda pede desculpas pelos transtornos causados a Datena e família e clara estar abrindo mão de qualquer indenização que havia sido pedida anteriormente. Na época da acusação, ela relatava episódios em que o apresentador havia dito que ela não precisava emagrecer, “pois já era gostosa demais” e que havia admitido ter pensamentos sexuais com ela. Em maio, Bruna chegou a ser diagnosticada com stress pós-traumático.

Segundo a coluna de Leo Dias, o apresentador está aliviado com o desfecho da situação, mas afirma que não há como consertar os danos que o processo causou à sua família. “Não guardo mágoa de ninguém pois a vida e ser humano são assim mesmo.”, disse.

 

Continua após a publicidade

Leia mais:

+“Estou triste”: Datena fala sobre acusações de assédio no ‘Brasil Urgente’

+ Repórter Bruna Drews acusa Datena de assédio sexual

+ Datena nega acusação de assédio: “Sou casado há 41 anos”

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

PODCAST – Por que não sinto vontade de transar?

Publicidade