Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

As mensagens vingativas de Johnny Depp para tentar demitir sua ex-mulher

“Vamos queimar Amber!!!” Ator tentou usar sua influência para que Amber Heard fosse demitida do elenco de Aquaman

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2020, 12h50 - Publicado em 10 dez 2020, 11h21

Além de violento, vingativo e machista. Johnny Depp tentou prejudicar a carreira da ex-mulher Amber Heard, usando sua influência na Warner Bros para que ela fosse demitida do elenco de Aquaman. No filme de 2018, a atriz interpretou Mera, par romântico de Jason Momoa, o Aquaman. Em novembro, a atriz afirmou que estará na sequência do filme. Mas,  fãs do ator pedem a demissão dela do elenco de Aquaman 2

De acordo com um relatório do processo aberto pelo ator contra o jornal The Sun, obtido pelo  The Hollywood Reporter.  Depp teria pedido textualmente a substituição de Amber para sua irmã, a produtora Christi Dembrowski, À época, Christi tinha contrato com a Warner e um certo poder de comando no estúdio.

Além disso, o documento traz mensagens de alto teor machista enviadas para um ex-agente de sua ex-mulher. Nelas, o ator pede ajuda em seu movimento de tentar “queimar a atriz”, o que falaria com todas as letras em outras mensagens, a seguir.

“Ela está implorando por uma humilhação global total. Ela vai conseguir….Vou precisar daquelas mensagens de texto sobre São Francisco, irmão. Me desculpa te pedir”, escreve Depp, afirmando que sua ex-mulher prestou favores sexuais a Elon Musk e que, por isso, ele a ajudou com advogados.  “Não tenho piedade, não tenho medo e nem um pingo de comoção pelo amor que eu um dia achei que sentia por aquela caçadora de ouro, baixo nível. Estou feliz que ela quer briga.

Em outra mensagem também divulgada pelo  The Hollywood Reporter, Depp escreve ao ator Paul Bettany “Vamos queimar Amber!!!” Bettany, em tom, aparentemente, de brincadeira responde “pensando bem, não acho que devemos queimar Amber, ela é uma companhia encantadora, além disso não tenho certeza se ela é uma bruxa. Podemos tentar o modo inglês de ação e fazemos o teste de afogamento. O que acha?”  Depp responde: “Vamos afoga-la antes de queimá-la!!!. Usando linguajar de baixo calão, Depp ainda acrescenta que iria transar com seu corpo queimado para ter certeza de que ela estaria morta.

Continua após a publicidade

O relatório com estas mensagens é do juiz Andrew Nicol, que deu ganho de causa ao tabloide The Sun na ação movida por Depp por conta de ter sido chamado em reportagem de “espancador de esposa”. O ator tentou recorrer  da decisão na quarta-feira, 9, mas o juiz negou o pedido.

Toda essa vingança violenta tramada pelo ator de 57 anos não surtiu efeito. Além de perder o processo, o ator ainda foi demitido do elenco de “Animais Fantásticos”. No começo de novembro, Depp publicou um comunicado em seu perfil de Instagram falando que o “convite” para renunciar ao papel de Grindelwald, seu personagem na franquia veio do estúdio e ele respeitou e concordou.

  •  

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade