A escolha inusitada de Meghan Markle para substituir seu pai no casamento

Príncipe Charles foi escolhido para acompanhar a nora ao altar da Capela de St. George

Depois de muitas suposições, finalmente foi definido quem irá acompanhar Meghan Markle, 36 anos, ao altar para se casar com príncipe Harry no sábado (19). O pai da atriz, Thomas Markle, que havia sido convidado para a função, não poderá mais participar da cerimônia devido a um problema cardíaco. Nesta sexta-feira (18), as redes sociais do Palácio de Kensington informaram que quem irá substitui-lo será o príncipe Charles, pai do noivo.

“A senhorita Meghan Markle pediu a Sua Alteza Real, o Príncipe de Gales para acompanhá-la pelo corredor da Capela de St. George no dia do seu casamento. O Príncipe de Gales está satisfeito em receber a senhorita Markle à família real dessa maneira”, diz o comunicado.

Normalmente, é um membro da própria família da noiva – tradicionalmente, o pai – que cumpre essa função. Esse momento da cerimônia simboliza uma mudança importante, já que a filha passa a ter uma nova família ao lado do marido. É como se os pais dissessem “educamos e demos amor a ela, agora é a sua vez de cuidar e ser companheiro da nossa menina.” Na ausência de familiares próximos, geralmente as noivas escolhem chegar sozinha ao altar. Por isso, a escolha de Meghan em chamar o noivo para a função surpreende.