Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Meghan Markle investe dinheiro em negócio surpreendente

A duquesa de Sussex é fã e investidora da Clevr Blends, marca de cafés alternativos

Por Da Redação 25 jun 2021, 11h52

Mais de 150 milhões de americanos começam ou terminam o dia com café. E, segundo o IBGE, o café também é apreciado pelos brasileiros, somando 79% de consumidores no país.

A popularidade do ingrediente fez com que Hannah Mendoza fundasse a Clevr Blends, marca especializada na bebida. Sua iniciativa abriu um novo caminho no mercado. O sucesso chamou a atenção de Meghan Markle, que se tornou investidora da empresa.

Clevr Blends
Hannah Mendoza, fundadora da Clevr Blends Clevr Blends/Reprodução

Do tradicional café expresso até cappuccinos e bebidas geladas, o mercado cafeeiro apresenta opções para todos os gostos. Nesse cenário, muitos acreditam que as possibilidades se esgotaram, diferente de Hannah que viu um mercado repleto de oportunidades. Em 2019, ela mergulhou no mercado de bebidas alternativas e fundou a própria marca.

A startup é especializada em misturas de café funcionais e instantâneas, vendidas em embalagens para que os consumidores possam preparar em casa. Os drinques incluem superalimentos funcionais com ingredientes, como açafrão, cogumelos e probióticos, com propriedades anti-inflamatórias.

View this post on Instagram

A post shared by Clevr Blends (@clevrblends)

Continua após a publicidade

A empresária oferece inclusive uma alternativa saudável à sua bebida favorita pelas manhãs, o “Matcha SuperLatte”, que promete foco duradouro. Hannah faz quase tudo sozinha, já que a equipe é formada por apenas três pessoas.

A Clerv possui vários fãs e faz sucesso nas redes. Com mais de 36 mil seguidores no Instagram, as bebidas esgotam em questão de minutos. Entre eles está Oprah Winfrey e Meghan, que fez da marca seu primeiro e, até agora, único investimento.

View this post on Instagram

A post shared by Clevr Blends (@clevrblends)

A fundadora aponta que o investimento da duquesa de Sussex é essencial para a empresa. “O que mais me impressionou foi realmente lembrar que investidores são pessoas, e não podemos esquecer essa conexão humana. É muito importante”, disse Hannah.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade