CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Roube o look: as combinações de Lady Di que estão na moda até hoje

A eterna princesa poderia desfilar, tranquilamente, qualquer um de seus looks "vintage" em 2018

Por Isabella Marinelli Atualizado em 24 nov 2020, 17h05 - Publicado em 15 Maio 2018, 17h28

A eterna Princesa de Gales, Diana Spencer, nos deixou cedo. Mas seu legado continua vivo, inclusive quando o assunto é a moda: alguns dos looks dela continuam atualíssimos. Que a moda é cíclica, já sabemos; mas dá para acreditar em como Lady Di estaria de acordo com as vitrines de 2018?

Relembre visuais icônicos e as tendências que podemos adaptar nos dias de hoje:

Mix de cores sólidas

Reprodução/Reprodução

Diana não tinha medo de usar cores exuberantes. Prova disso é que, frequentemente, misturava mais de uma na combinação do dia. Chamado de “cores blocadas“, o color blocking é um truque de estilo fácil de usar, que atualiza qualquer combinação em instantes. Uma ótima aposta é o pink com vermelho ou vermelho com roxo.

Ultravioleta

Reprodução/Reprodução

Ultravioleta foi eleita cor do ano de 2018, segundo a Pantone, mas desde então as variações de lilás seguem firmes no circuito fashion. Muito antes dos anos 2000, a mãe de Harry e William já era fã de roxos e nuances de lilás.

Continua após a publicidade
  • Xadrez Príncipe de Gales

    Reprodução/Reprodução

    Uma das estampas que chega com força às temporadas de outono e inverno é o xadrez Príncipe de Gales. Não é marmelada, não! Apesar de parecer, literalmente, feito para ela, foi inspirado em momentos anteriores da monarquia britânica.

  • Vichy

    Reprodução/Reprodução

    A estampa vichy, essa espécie de quadriculado bicolor, bombou no verão e continua firme nos dias mais frios. A diferença, é claro, vai nos complementos – em vez de blusas frescas, tricôs e peças pesadas.

  • “Mom jeans”

    Reprodução/Reprodução

    O jeans sem elastano, mais rígido e com a cintura alta foi apelidado de “mom jeans” (ou “jeans da mamãe”) nesta nova geração. Mas, verdade seja dita, viveu outra fase gloriosa nos anos 80 e 90 – por isso, inclusive, a referência do nome.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade