Letícia Colin fala sobre dificuldade em escolher nome do bebê

A atriz conta por que a escolha foi um dos momentos mais difíceis da gravidez

Letícia Colin, que está grávida de sete meses de seu primeiro filho com Michel Melamed, falou sobre a gravidez e a escolha do nome do bebê nos bastidores do programa Altas Horas, na noite de sábado (14).

A atriz contou que a gravidez foi muito tranquila e que está muito ansiosa para a chegada do bebê, que deve nascer em novembro. “A respiração fica um pouco mais curta, as costas sentem um pouco mais, mas tive uma gestação muito tranquila. À noite a gente começa a sonhar, ficar mais ansiosa, os sonhos são muito loucos e mais preocupados com tudo isso que é a responsabilidade. Estou feliz e ansiosa pra ver a carinha dele”, disse.

 (Webert Belicio/AgNews)

Letícia disse que não sabe ainda como é ser mãe e que acredita que a relação de mãe e filho deve ser construída quando o menino nascer. “Vai virando-se mãe, vai desenvolvendo, aprofundando a relação, a confiança, as intuições. A gente escuta muita coisa, tem muito conselho, palpite, livro, mas quero manter um canal só meu e dele”, afirmou.

Letícia e o marido, Michel Melamed

Letícia e o marido, Michel Melamed (Instagram/Reprodução)

Sobre a escolha do nome do filho, ela contou que foi a parte mais difícil para ela e o marido. A atriz prefere não confirmar qual será o nome do bebê, mas há especulações de que ele vai se chamar Uri.

“Não é fácil escolher um nome porque quando você gosta muito de um, fala para o seu companheiro e aí, ele diz assim: ‘Conheço uma pessoa com esse nome que não é legal’. É muito complicado, achei uma missão. Pode mudar até o último minuto, não tem que se cobrar. Tem um favorito nosso. Gostamos de nome curto, diferente e vai, provavelmente, ser um nome judeu porque meu marido é judeu”, contou Letícia.

Leia mais: Rara aparição: Ana Maria Braga posa ao lado das netas

+ Ivete Sangalo é barrada por segurança em show de Marília Mendonça

PODCAST – Como dialogar com as crianças e adolescentes sobre sexualidade