Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Por causa de Meghan, Kate Middleton poderá quebrar o protocolo

Duquesa de Cambridge costuma seguir à risca as recomendações reais, mas quer defender sua reputação

Por Da Redação 22 mar 2021, 11h59

Uma fonte anônima do Palácio de Buckingham compartilhou com o jornal The Express que Kate Middleton pode responder à Meghan Markle pelos fatos expostos pela duquesa de Sussex durante a entrevista com Oprah Winfrey duas semanas atrás. Ao fazer isso, a duquesa de Cambridge estaria quebrando o protocolo real, o qual ela geralmente segue à risca, após a própria Rainha Elizabeth ter dito, inclusive aos funcionários do palácio, que lidaria pessoalmente com a situação.

Leia mais sobre a “lei do silêncio” imposta pela Rainha Elizabeth.

De acordo com a fonte, Kate “geralmente adota a abordagem da Rainha cujo lema é ‘nunca reclame, nunca explique’, mas isso [as exposições de Meghan e Harry] foi longe demais.”

A duquesa de Cambridge não teria revidado até o momento por ter sido “arrastada” para esse posicionamento real minutos após a entrevista ter ido ao ar.

Durante a conversa com Oprah Winfrey, que foi ao ar no domingo (7), Meghan contou a sua visão dos fatos que ganharam repercussão mundial meses após seu casamento com príncipe Harry em 2018 e contribuíram para um desconforto na convivência com a Família Real.

De acordo com ela, as notícias da época diziam que a noiva havia feito Kate chorar por um problema envolvendo os vestidos das floristas, inclusive da princesa Charlotte, no entanto, a duquesa de Sussex alegou a Winfrey que a situação foi inversa: Kate quem a fez chorar antes do casamento, ato que foi perdoado, após a mulher do príncipe William ter comprado flores para ela como pedido de desculpas.

Continua após a publicidade

“Eu não acho que seja justo para ela entrar em detalhes sobre isso porque ela se desculpou e eu a perdoei”, alegou Meghan durante a entrevista.

A duquesa de Sussex ainda disse que Kate é uma “boa pessoa”, mas que era “muito importante que as pessoas entendessem a verdade”.

A fonte do palácio também afirmou que “Eles [príncipe William e Kate] não querem transformar isso em uma guerra de palavras mais do que já é, mas para Kate, isso é pessoal”, estando além de seus deveres ou título de duquesa. 

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade