CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

50 anos após separação, itens raros dos Beatles vão a leilão

Entre as peças que serão vendidas estão uma cópia autografada de "Love Me Do" e um dos óculos de John Lennon

Por Da Redação 26 set 2020, 12h52

Marcando o aniversário de 50 anos da separação dos Beatles, a casa de leilões britânica Shoteby’s realizará neste mês um leilão online com itens da trajetória da banda, conforme noticiou a agência de notícias Reuters.

Entre as peças que serão vendidas está uma cópia autografada do primeiro single da banda, Love Me Do, lançando em 1962. Raridade, o vinil é avaliado em até 20 mil libras, o que equivaleria a cerca de 140 mil reais na cotação atual.

REUTERS/John Sibley/Reprodução

Fãs de John Lennon também poderão arrematar o famoso par de óculos do músico, cujo valor estimado gira entre 30 a 40 mil libras – ou seja, até 280 mil reais – ou uma advertência escolar de quando ele era criança, estimada em 35 mil reais.

Já o relógio Cartier de Brian Epstein, empresário da banda e cuja morte em 1967 é frequentemente interpretada como um fator decisivo para a separação do quarteto, sairá por, no mínimo, 175 mil reais.

No começo deste ano, um papel contendo a letra de While My Guitar Gently Weeps, rara composição da banda que não foi feita pela dupla Lennon-McCartney e sim por George Harrison, também foi a leilão, com um lance inicial de 195 mil dólares – quase 700 mil reais. Nada mal.

  • O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

    Continua após a publicidade
    Publicidade