CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Ex-segurança de Britney afirma que a artista era drogada semanalmente

Segundo a testemunha, toda sexta-feira uma mulher levava remédios para cantora

Por Da Redação 19 jul 2021, 19h40

Outra fato surpreendente da vida de Britney sob a tutela do pai, Jamie Spears, veio à tona nesta semana. Dessa vez, quem divulgou novas informações sobre a cantora foi o seu ex-segurança Fernando Flores. Ao The Sun, ele disse que toda sexta-feira a artista recebia um coquetel de remédios por meio de uma mulher.

Na época, segundo Fernando, ela chorava muito por conta da relação com o pai. Além de tudo, seu celular era constantemente monitorado, já que Britney não podia sair sozinha, e suas visitas tinham que passar sempre por revistas antes de entrar em casa.

“Eu queria explicar [para Britney] o que era tudo aquilo – três medicamentos antipsicóticos e pílulas anticoncepcionais. Ela ia de sã à conversa sobre universos paralelos”, conta Flores. 

O segurança foi funcionário da estrela depois de um ano que ela teve o colapso e seu pai assumiu a tutela. Ele prestou serviços por oito meses à artista.

Continua após a publicidade

Publicidade