Briga por herança: filha de Betty Lago acusa irmão de fraudar testamento

A atriz morreu em 2015 vítima de um câncer

Após a morte da atriz Betty Lago, vítima de câncer na vesícula, seus filhos lutam na justiça pela herança deixada por ela. De acordo com o programa “A Tarde é Sua”, da RedeTV!, a filha Patricia acusa o irmão Bernardo de fraudar o atestado assinado por Betty horas antes de falecer.

O documento determina cerca de 80% dos bens ao filho, enquanto Patricia teria apenas 30%. A atriz teria assinado o testamento sob fortes medicamentos e não estaria em suas plenas faculdades mentais.

Dez dias antes de sua morte, os médicos teriam afirmado em um atestado médico que Betty estava muito debilitada e em estado de confusão mental. Dois dias antes de falecer, um novo atestado foi assinado pela equipe de Homecare, que dizia que a artista estava com “grau de consciência no pior estado”.

No processo, Bernardo foi dado como morto e seus advogados alegaram ser um “erro de digitação” do tribunal. Segundo o colunista Alessandro Lo-Bianco, a advogada Fernanda Liz afirmou que o testamento foi manipulado, sendo crime de captação dolosa pois foi assinado horas antes do falecimento da atriz.

Veja o que está bombando nas redes sociais

Patricia ainda está processando o cartório que formulou o testamento, pois havia um tabelião no apartamento da artista, e ele seria a pessoa responsável por verificar se o documento estava sendo concluído por livre consciência.

Testemunhas que presenciaram o momento em que o documento foi assinado serão chamadas para dar depoimento, entre elas, Guilherme Linhares, ex-companheiro de Betty, e a diarista que trabalhou com a atriz por 30 anos.

Leia mais: O valor da herança milionária que Antônia Fontenelle receberá

+ Beiçola de A Grande Família enfrenta dificuldades financeiras e pede ajuda

Carga mental: você se sente sobrecarregada em casa?