CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

“Choque e tristeza”: Alec Baldwin se pronuncia sobre acidente em set

Ator de 63 anos utilizou sua conta oficial do Twitter para demonstrar apoio à família da vítima e pesar pelo ocorrido

Por Da Redação 22 out 2021, 14h58

O ator Alec Baldwin se utilizou do Twitter na tarde desta sexta-feira (22) para se pronunciar sobre o acidente com uma arma cenográfica no set de gravação do filme Rust, que causou a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos, e feriu o diretor Joel Souza, de 48 anos.

Responsável pelo disparo acidental, Baldwin, de 63 anos, é o protagonista do longa, que estava sendo gravado no estado do Novo México, nos Estados Unidos. As filmagens foram suspensas após o ocorrido e ainda não há previsão de um retorno. 

“Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e nossa colega profundamente admirada”, escreveu o ator em mensagem dividida em duas partes e publicada em sua conta verificada do Twitter.

“Estou cooperando totalmente com a investigação policial para resolver como essa tragédia ocorreu e estou em contato com o marido dela, oferecendo meu apoio a ele e sua família. Meu coração está partido por seu marido, seu filho e por todos que conheciam e amavam Halyna”, disse. 

Leia mais informações sobre a morte acidental de Halyna Hutchins.

Como funciona uma arma cenográfica?

De acordo com o informado pelo sindicato Aliança Internacional de Funcionários de Palco Teatral (IATSE, na sigla em inglês), a arma disparada por Alec Baldwin continha balas de verdade, o que foge do padrão utilizado nos sets de gravação. 

Semelhante a uma arma de fogo, as armas cenográficas não tem a mesma nocividade intencional. Em geral, elas são réplicas não operáveis ou têm dispositivos de segurança para garantir que não sejam perigosas.

Em entrevista à Fox News, o xerife responsável pela investigação do caso informou que sua equipe busca descobrir agora como e qual tipo de projétil foi disparado.

Alec Baldwin prestou depoimento na manhã desta quinta-feira (21) e, de acordo com o informado pelo jornal local do Novo México, Santa Fe New Mexican, o ator foi visto “perturbado e em lágrimas” enquanto falava ao telefone do lado de fora da delegacia após o seu depoimento.

Até o momento não foram apresentadas acusações e ninguém foi detido pelo caso, ainda tratado como acidente.

Continua após a publicidade

Publicidade