7 momentos do Programa do Jô que deixarão saudades

O apresentador despede dos talk-shows após mais de 14 mil entrevistas e momentos marcantes.

É difícil de acreditar, mas quando Jô Soares, 78 anos, der seu famoso beijo do gordo no final do programa de sexta-feira (16) ele estará encerrando uma história de 28 anos. Esta será sua última apresentação no comando do Programa do Jô, na rede Globo, uma tradição da TV brasileira que começou em 1988, no SBT, com o Jô Soares Onze e Meia. Em março, o talentoso apresentador – que também é diretor, dramaturgo, escritor e roteirista – já havia anunciado que 2016 seria o último ano. “Isso não me acontecia há muito tempo. Estou obviamente emocionado e com a boca seca de nervoso”, disse com emoção, também agradecendo à equipe e aos músicos que o acompanham desde o início.

Foram mais de 14 mil entrevistas com personalidades brasileiras e estrangeiras, como as atrizes Fernanda Montenegro, Cláudia Abreu e Glória Pires, os cantores Roberto Carlos, Caetano Veloso, Gal Costa e Tim Maia, o juiz Joaquim Barbosa, o fotógrafo Sebastião Salgado, o piloto Ayrton Senna, os jogadores de futebol Roberto Rivelino e Pelé, o ator americano Dean Cain e o belga Jean-Claude Van Damme, entre tantos outros. A última entrevista deve ser com o cartunista Ziraldo, que já sentou no sofá do Jô mais de 20 vezes.

Leia também: Jô Soares garante que não se aposentará: “Eu não estou morrendo”

Selecionamos 7 momentos do Programa do Jô que deixarão saudades:

1. Intimidade com a equipe

Jô adora brincar com os profissionais que fazem parte do programa. Vira e mexe faz uma graça com os operados de câmera e os músicos. É tanta intimidade que parece até que os conhecemos também. Quem mais acaba aparecendo é o guitarrista Bira. Até os convidados puxam assunto com ele. E não é à toa, tanto Bira quanto o baterista Miltinho estão ao lado de Jô desde o primeiro programa.

Bira, inclusive, diz “não saber como vai lidar” com a despedida. “Eu amo demais esse gordo. Demais mesmo. Eu venho trabalhar cheio de alegria. Ele já me falou que eu sou o único músico que nunca esqueceu o aniversário dele”, contou

2. Conversas com a plateia

Jô adora interagir com o público, fazendo perguntas e permitindo que a plateia faça parte do programa. Em 2002, o comediante Fábio Porchat, então desconhecido, conseguiu um espaço no palco para fazer uma pequena apresentação:

 

3. Entrevistas únicas 

hebe-camargo-lolita-rodrigues-e-nair-bello-no-programa-do-jo

 (Ricardo Martins/ Programa do Jô/)

Jô entrevistou grande parte das principais figuras da TV, às vezes em reuniões marcantes. No ano 2000, ele recebeu o trio Hebe Camargo, Nair Belo e Lolita Rodrigues. O especial foi ar logo na primeira semana do Programa do Jô, sendo reprisado em 2012 em homenagem à morte de Hebe. As três estrelas abriram o novo programa em grande estilo. Este ano, Faustão, conhecido por dar raríssimas entrevistas, foi ao programa. O apresentador Silvio Santos, que nunca dá entrevistas por superstição, era cotado para ser o último a sentar naquele sofá, mas o Jô ficou sem essa em seu currículo.

4. Confissões dos famosos 

car-9419

 (Carol Caminha/Gshow/)

Para ir ao Jô, é preciso separar as melhores histórias e estar pronto para qualquer pergunta. Roberto Carlos, figura frequente no talk-show, ganhou um programa especial para celebrar seus 50 anos de carreira, em 2011. Na ocasião revelou o que muitos já desconfiavam: o “rei” vai ao salão com certa frequência para renovar a escova progressiva.

Outra revelação, dessa vez de alguém conhecido por sua voz, foi quando Jô entrevistou a responsável por dar voz ao Google Tradutor, Regina Bittar, quando o público não conhecia sua identidade.

Leia também: 10 músicas do Rei Roberto Carlos que nunca nos cansaremos de ouvir

5. Figuras históricas 

7dez1993-o-ex-presidente-jose-sarney-e-entrevistado-por-jo-soares-no-programa-do-jo-do-canal-sbt-em-sao-paulo-1375456952809_956x500

 (Jorge Araújo/ Folhapress/)

Dentre as milhares de entrevistas que o apresentador já fez, aparecem figuras históricas brasileiras e internacionais. Jô já entrevistou todos os ex-presidentes vivos: José Sarney, Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff – nesta ocasião, ele foi até o Planalto entrevistar a presidente. Além deles, entrevistou outras personalidades presentes nos livros de história, como o político Luís Carlos Prestes e Mikhail Gorbachev, último líder da União Soviética, ainda no SBT.

Leia também: Dilma Rousseff é uma das “mulheres do ano” do “Financial Times”

6. Comecinho hilário

Nós podemos rir ao longo do programa, mas Jô faz questão de garantir as risadas logo no primeiro bloco. O apresentador adora contar piadas prontas, pérolas estudantis, curiosidades engraçadas, boatos e gafes – e se diverte tanto quanto nós.

7. Placas 

Para mostrar “como a nossa língua é maltratada, não só pelos erros, mas também quanto ao sentido”, Jô reúne diversas placas e anúncios “curiosos” de várias partes do país.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s