Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

5 vezes que nos encantamos pelas atitudes do Príncipe William

Além de paizão e bom marido, ele também surpreende por suas ações positivas

Por Redação CLAUDIA - Atualizado em 28 out 2016, 07h26 - Publicado em 21 jun 2016, 15h02

Nem só de tchauzinho vive o Príncipe William, herdeiro do trono inglês. Além de maridão e pai companheiro, o Duque de Cambridge ainda aproveita para canalizar sua influência em causas positivas e ações que objetivam o bem comum. 

Ele simplesmente nos encantou…

 

View this post on Instagram

The Duke and Duchess of Cambridge are delighted to share new photographs of their family, enjoying a short skiing holiday with their children in the French Alps. The Duke and Duchess invited the Press Association's Royal Photographer John Stillwell to take the photographs earlier in the week. This was their first holiday as a family of four and the first time either of the children had played in the snow. It was very special and fun short holiday for the family, and they are grateful that John Stillwell was able to capture the moment so well.

A post shared by Duke and Duchess of Cambridge (@kensingtonroyal) on

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Quando mostrou aos pais que cuidar dos filhos é uma tarefa que deve ser dividida igualmente pelo casal

Durante um evento oficial da campanha #HeadsTogether, William revelou que o pequeno George costumava dar muito trabalho na hora de dormir. “Ele era um bebê que ficava agitado quando estava com sono. Tive que pensar em algo para acalmá-lo”, contou. O truque do Príncipe é super simples: “Deixar a torneira aberta”. Procurar soluções para cuidar dos filhos não é apenas tarefa das mães, não! E ele sabe disso. Bom exemplo!

 

View this post on Instagram

The Duke of Cambridge joined a Heads Together Father’s Day breakfast with dads, mentors and the children they support to encourage dads and father figures to talk to children and each other about their feelings. He also wrote an article on the Heads Together website explaining there is no need to feel afraid to talk about mental health. In it, he said: "Today I celebrate my third Father's Day as a father. For me it is a day not just to celebrate how fortunate I am for my young family, but to reflect on just how much I've learned about fatherhood and the issues facing fathers in all walks of life. In particular, it is a time to reflect on my responsibility to look after not just the physical health of my two children, but to treat their mental needs as just as important a priority." Visit www.headstogether.org.uk to see more from the Fathers Day breakfast and the Heads Together campaign, spearheaded by The Duke and Duchess of Cambridge and Prince Harry to encourage people to feel comfortable with their everyday wellbeing.

A post shared by Duke and Duchess of Cambridge (@kensingtonroyal) on

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

E incentivou que, tanto as mães quanto os pais, conversem com seus pequenos

Aproveitando a celebração do Dia dos Pais no último domingo, o Duque de Cambridge se reuniu compais e filhos para um café da manhã em prol da saúde mental das crianças. Ao longo de uma carta aberta, ele defendeu o diálogo em casa: “Eu encorajo todos os pais a pararem por um momento e perguntarem a seus filhos como eles estão. Aproveitem a oportunidade para conversar com suas esposas, seus companheiros ou seus amigos sobre como vocês estão lidando com as dificuldades da vida e da paternidade. E saibam que se seu filho ou sua filha algum dia precisar de ajuda, eles precisam da orientação e do apoio do pai tanto quanto eles precisam disso por parte da mãe”. Anotado?

 

View this post on Instagram

Lastly The Duke of Cambridge asked for further support from digital tech entrepreneurs to tackle cyberbullying… "So today I ask you for your ideas, your support, and your engagement with Brent's taskforce to tackle bullying. Please do take the opportunity to get involved. I believe that, by your coming together creatively and openly to tackle bullying, you will be creating an enduring model for how the Internet should progress into the next stage of its development."

A post shared by Duke and Duchess of Cambridge (@kensingtonroyal) on

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Quando foi destemido ao ser o primeiro membro da família real a posar para uma revista gay…

Mesmo diante de toda a tradição da realeza, que poderia tê-lo encaminhado para um posicionamento conservador, ou ainda, para a ausência de posicionamento, Príncipe William convidou a equipe da revista Attitude e alguns representantes da comunidade LGBT para conversar sobre homofobia. Ele queria ouvir a experiência destas pessoas e discutir os efeitos psicológicos que o preconceito pode causar. Depois do bate-papo, posou para a capa – em um movimento histórico.

 

View this post on Instagram

"No one should be bullied for their sexuality. Don't put up with it. Be proud of the person you are." The Duke of Cambridge is on the cover of the next issue of @attitudemag speaking out against bullying. In early May 2016, His Royal Highness met with a group of young LGBT people convened by @attitudemag at Kensington Palace to listen to their experiences of bullying, and the mental health impacts it can have. The fight against bullying is a key priority of The Duke's work. His Royal Highness recently established a taskforce on the prevention of cyberbullying, and is leading the Heads Together campaign on mental health and wellbeing along with The Duchess of Cambridge and Prince Harry http://bit.ly/24Q6wYH

A post shared by Duke and Duchess of Cambridge (@kensingtonroyal) on

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

E defender o fim da homofobia.

“Ninguém deveria sofrer bullying pela sexualidade ou por qualquer outra coisa”, disse em entrevista. Outra demonstração de engajamento aconteceu na Embaixada dos Estados Unidos no Reino Unido, após o ataque de Orlando, quando o Príncipe e sua esposa e Kate Middleton assinaram um livro de condolências em homenagem aos mortos.

 

View this post on Instagram

The Duke and Duchess offer their condolences for the victims of the terrible attack on Orlando's Pulse nightclub, signing a book of condolence at the US Embassy @usa_in_uk. The book was signed in front of a flag presented to former Secretary of State Hillary Clinton by the Kaleidoscope Trust, who work to uphold the human rights of lesbian, gay, bisexual and trans people internationally 📷PA

A post shared by Duke and Duchess of Cambridge (@kensingtonroyal) on

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Quando salvou uma menina de 9 anos

E provou que seu trabalho não é apenas figuração. A jovem foi atingida por dois carros que se chocaram. De acordo com o site da BBC, William estava pilotando uma ambulância aérea e avistou o acidente. Então, desceu até o local, resgatou a vítima e a levou até o hospital para receber socorro médico. Ah, e essa não é a primeira vez que William participa de salvamentos. Ele já ajudou 149 pessoas durante missões de emergência da Força Aérea Real.

Publicidade