CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Como fazer a dieta dar certo

Tire todas as suas dúvidas sobre o que prejudica a sua dieta e veja como emagrecer mais rápido

Por Redação M de Mulher Atualizado em 20 jan 2020, 22h24 - Publicado em 17 jun 2010, 21h00

Alguns mitos podem estar prejudicando sua dieta
Foto: Getty Images

Quem está tentando perder peso volta e meia depara com alguns dilemas. Começar uma dieta significa excluir todos os pratos que nos dão prazer? O que vale mais a pena: fazer aulas de musculação numa academia ou correr no parque? Furar a dieta numa festa de aniversário significa que todo o esforço feito até agora está perdido? Quem quer perder peso precisa cortar de vez o arroz, os pães e o macarrão?

Para esclarecer essas e outras dúvidas e ajudar você a alcançar mais rápido sua meta de emagrecimento, consultamos as nutricionistas Ana Paola Monegaglia e Renata Bressan, da Clínica Halpern, de São Paulo, e o personal trainner Brucce Cota, da Fórmula Academia.

Nessa reportagem, esses especialistas dão orientações sobre como selecionar os melhores alimentos para a sua dieta, como eleger os exercícios mais adequados para ficar em forma e, principalmente, desfazem os mitos que só atrapalham o seu regime. Aproveite os conselhos deles para turbinar a perda de peso e prepare-se para escutar os elogios!

1. Qual é o exercício físico que mais contribui para queimar as gordurinhas?

As atividades aeróbicas, como corrida, caminhada, bicicleta e natação, costumam ser apontadas como as mais eficazes para queimar as gorduras. Na verdade, o que interfere na queima de gordura não é a modalidade, mas sim a intensidade do exercício. Por isso, qualquer atividade realizada em uma intensidade moderada ou alta terá como efeito a redução da gordura corporal. A musculação, por exemplo, queima muitas calorias e ainda define o corpo.

2. É preciso cortar os carboidratos presentes nos pães e massas para emagrecer?

Não. Os carboidratos, assim como as proteínas e gorduras, têm uma importante função: fornecer energia para o nosso corpo. O mais recomendável é trocar os carboidratos simples, presentes nos alimentos preparados com farinha branca, pelos carboidratos complexos do arroz e do pão integral. Eles demoram mais para ser digeridos e não se acumulam tão rápido na linha da cintura em forma de gordura. Portanto, não exclua os carboidratos.

3. Se eu não resistir e furar a dieta com uma pizza, está tudo perdido?

Aprenda a consumir alimentos calóricos com moderação
Foto: Getty Images

Continua após a publicidade

Não. Todos os alimentos são permitidos numa dieta. O problema está na quantidade consumida e, muitas vezes, no excesso. Uma única fatia de pizza de mussarela equivale a uma refeição (1 prato de salada verde + 1 filé de frango pequeno grelhado + 1 porção pequena de arroz). Ou seja, para apreciar a pizza sem ultrapassar o seu limite calórico, você tem de se conformar em comer bem menos do que poderia se optasse por um prato menos calórico.

4. Qual é o melhor exercício para o culote e a barriga?

As características corporais de cada pessoa determinam que ela emagreça mais rápido em algumas partes do corpo do que em outras, como o culote e a barriga. A musculação e a ginástica localizada ajudam a equilibrar esse processo ao melhorar o metabolismo muscular e acelerar a perda de peso nessas regiões.

5. Depois de quanto tempo de exercícios é possível ver algum resultado significativo?

Toda atividade física necessita de um período de adaptação do organismo. Por isso, não desanime se o seu espelho não mostrar mudanças de um dia para o outro. Os primeiros resultados costumam aparecer apenas entre a quarta e a sexta semanas. Mas, a partir do terceiro mês, os efeitos da malhação se tornam bem mais visíveis para o praticante.

6. Durante a dieta, quantos quilos vou perder por semana?

Muitos fatores podem interferir no processo de emagrecimento, tais como idade, nível de atividade física e o comprometimento com a dieta. Se a pessoa realmente levar a sério as atividades físicas ou seguir à risca o cardápio de sua dieta, o normal é que ela elimine de 500 gramas a 1 quilo por semana. Entretanto, pessoas que apresentam um quadro de obesidade costumam ter uma perda de peso ainda maior. 

 

Continua após a publicidade

Publicidade