Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

“Marte Um” brilha no Grande Prêmio de Cinema Brasileiro

Entre os laureados, "Manhãs de Setembro" ganha como Melhor Série de Ficção, mas a cantora Liniker não é convidada à premiação

Por Sarah Brito
Atualizado em 25 ago 2023, 15h33 - Publicado em 25 ago 2023, 15h31

A Academia Brasileira de Cinema realizou a 22º edição do Grande Prêmio de Cinema Brasileiro nesta última quarta-feira, 23, na Cidade das Artes, Rio de Janeiro. O evento enaltece e premia as principais produções e artistas destaques do ano no cinema nacional. 

Entre os convidados e premiados, estiveram presentes as atrizes Dira Paes, Adriana Esteves, Taís Araújo, os diretores Lázaro Ramos, Gabriel Maritns, entre vários outros nomes importantes do audiovisual brasileiro. Porém nem todos puderam participar da premiação. 

O desabafo de Liniker

A cantora Liniker, protagonista na série Manhãs de Setembro, premiada na edição como Melhor Série de Ficção, declarou em publicação feita em seu Instagram nesta quinta-feira (24), que não havia sido convidada para a cerimônia.

Cantora Liniker ao lado do ator Gustavo Coelho
Liniker é a protagoniza “Cassandra”, ao lado do pergonagem Gersinho, interpretado pelo ator Gustavo Coelho na série Manhãs de Setembro, vencedora na categoria de Melhor Série de Ficção. (Instagram @linikeroficial/Reprodução)

Na mesma publicação, a intérprete de Cassandra comemorou o reconhecimento da série, mas ressaltou como se sentiu por não sido convidada à cerimônia. “Ontem, o cinema brasileiro esqueceu, mais uma vez, as outras pessoas que colaboram para a criação de um projeto de nível mundial e que mudou sim, a história do audiovisual brasileiro da última década. Não só pelo meu trabalho, mas pela força e talento único de cada pessoa que se dedicou para que a série nascesse”, declarou a artista.

Confira a publicação completa:

Continua após a publicidade
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por LINIKER (@linikeroficial)

Em nota, a Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais lamentou o ocorrido. A celebração contou com a presença de outros integrantes da produção, exceto a protagonista: “A Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais convida nominalmente todos os finalistas. Mas os convites nominais são feitos apenas aos finalistas de cada categoria. Sobre os demais convidados, cada produção indicada (séries e filmes) define sua própria lista. Não cabe à Academia escolher quem representará cada produção na cerimônia de premiação, que busca a diversidade no audiovisual brasileiro. O resultado das principais categorias confirma esse posicionamento. Lamentamos muito não ter contado com a presença de Liniker, artista por quem a Academia tem a maior admiração e que realmente fez muita falta ontem na premiação”, declarou a instituição.

Os principais destaques da cerimônia

Entre os indicados da edição, o longa Marte Um, dirigido pelo diretor mineiro Gabriel Martins, foi o grande destaque da noite, levando para casa um total de oito troféus Otelos, incluindo as categorias de Melhor Longa-Metragem Ficção e Melhor Direção. 

Já o ator Carlos Francisco, que interpretou o personagem Wellington na produção, também foi um dos premiados na categoria de Melhor Ator. Marte Um teve sua estreia em janeiro de 2022 no Festival de Sundance, e foi escolhido pela Academia para representar o Brasil na categoria de Melhor Filme Internacional no Oscar, que está previsto para março de 2024.

Continua após a publicidade
Diretor Gabriel Martins vencedor da categoria de Melhor Diretor por Marte Um
Diretor mineiro, Gabriel Martins, foi o grande homenageado da noite pela direção do filme Marte Um, o principal destque da premição com 8 categorias vencidas (Instagram @academia_brasileira_de_cinema/Reprodução)

Outras produções premiadas foram: Pureza, que concedeu a Dira Paes o prêmio de Melhor Atriz pela interpretação da personagem que leva o mesmo nome do título do longa. “Pureza começou de uma maneira muito potente. Essa personagem existe e está aí. Ela quebrou muitas barreiras, ela foi muito longe”, declarou a atriz em seu discurso.

A atriz Adriana Esteves também recebeu um dos prêmios mais concorridos da noite. Ela venceu na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante, pela atuação como Isabel no longa Medida Provisória, do diretor e ator Lázaro Ramos, que também concorria em categorias na edição.

Adriana Esteves com seu trófeu Otelo
A atriz Adriana Esteves foi vencedora na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante pela atuação como a personagem Isabel no filme Medida Provisória (2022) (Instagram @academia_brasileira_de_cinema/Reprodução)

Abaixo a lista com os destaques da premiação:

  • Melhor Longa-Metragem FicçãoMarte Um (2022), Gabriel Martins;
  • Melhor Direção – Marte Um (2022), Gabriel Martins;
  • Melhor Direção de FotografiaMarte Um (2022), Leonardo Feliciano;
  • Melhor Roteiro Original Marte Um (2022), Gabriel Martins;
  • Melhor Roteiro AdaptadoClube dos Anjos (2022), Angelo Defanti;
  • Melhor Atriz – Dira Paes como Pureza – Pureza (2022);
  • Melhor Ator – Carlos Francisco como Wellington – Marte Um (2022);
  • Melhor Atriz Coadjuvante – Adriana Esteves como Isabel – Medida Provisória (2022);
  • Melhor Ator Coadjuvante – Cícero Lucas como Deivinho – Marte Um (2022);
  • Melhor Série Brasileira de Ficção – Manhãs de Setembro (2ª Temporada) – Direção Geral: Luis Pinheiro. Escrita por Josefina Trotta, Alice Marcone, Marcelo Montenegro, Carla Meireles e Miguel de Almeida.

A maioria das produções estão em cartaz em diversos cinemas brasileiros e circuitos culturais espalhados pelo país. Para mais informações sobre a cerimônia e todos os vencedores da edição, você confere no site oficial da Acadêmia Brasileira de Cinema. Acesse o site www.academiabrasileiradecinema.com.br/ e confira na íntegra a lista.

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.