Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Saiba quais atrizes devem estrelar filme inspirado no movimento Me Too

O longa retratará o escândalo do ex-produtor de Hollywood, Harvey Weinstein, que foi denunciado por estupro e abuso sexual por mais de cem mulheres

Por Da Redação Atualizado em 11 jun 2021, 19h11 - Publicado em 8 jun 2021, 17h32

A Universal Pictures anunciou, nesta segunda-feira (07), o início das gravações do filme She Said para o começo do verão estadunidense. O longa é inspirado no livro Ela Disse: Os Bastidores da Reportagem que Impulsionou o #MeToo, lançado em 2019.

O livro fala sobre a investigação do jornal americano The New York Times no caso de Harvey Weinstein, ex-produtor de Hollywood considerado culpado por abuso sexual e estupro.

Em fase de negociação para entrar no elenco estão as atrizes Carrey Mulligan e Zoe Kazan. Elas devem interpretar as jornalistas Megan Twohey e Jodi Kantor, responsáveis pela existência do livro e reconhecidas pelo principal prêmio de jornalismo, o Pulitzer.

Weinstein era considerado um dos maiores produtores de Hollywood, mas após o escândalo dos abusos sexuais ser publicado no jornal The New York Times e na revista New Yorker, cerca de cem mulheres também o denunciaram por abuso.

Em julgamento no ano passado, ele chegou a negar ter feito sexo não consensual e foi condenado a 23 anos de prisão por estupro e abuso sexual. O produtor agora pede um novo julgamento para o caso.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade