CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

As heroínas da Marvel em sintonia com os novos tempos

Produções focadas em super-heroínas das HQ's devem dominar as telas em 2022

Por Ana Claudia Paixão Atualizado em 7 mar 2022, 15h14 - Publicado em 8 mar 2022, 08h50

Já foi o tempo em que as mulheres eram apenas as namoradas ou damas em perigo no universo basicamente masculino dos super-heróis. As heroínas vêm conquistando seu espaço e respeito. Por isso, em 2022, a Marvel se compromete em trazer ainda mais visibilidade para elas com a campanha #AvisaQueSãoElas, que vai ganhar fôlego nas redes sociais.

Wanda Maximoff
Wanda Maximoff estará em “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura”.  Disney+/Divulgação

A iniciativa está alinhada para os lançamentos de 3 longas e 2 séries, onde a força das mulheres será inquestionável. Dentre elas, teremos a complexa e poderosa Wanda Maximoff, interpretada com muito talento por Elizabeth Olsen desde 2015, quando fez sua primeira aparição no filme Vingadores: Era de Ultron.

Sua improvável e trágica história de amor com Vision era pano de fundo até o lançamento da brilhante série WandaVision, que nos trouxe uma nova perspectiva sobre a personagem. Sua transformação em Feiticeira Escarlate terá importância no filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, que estreia dia 5 de maio nos cinemas.

Dra Jane Foster
Jane Foster retorna como Deusa do Trovão em “Thor: Amor e Trovão”.  Marvel/Divulgação

Falando nas telonas, ainda em 2022 mataremos as saudades da Dra Jane Foster, a personagem de Natalie Portman e o grande amor Thor. A cientista está no MCU há 11 anos, desde 2011, quando o primeiro-longa com o Deus e super-herói chegou aos cinemas. Por conta de seu contato com Thor, Jane é uma cientista “especialista” em buracos de verme e tecnologia asgardiana. No próximo filme, revivendo a história das HQ’s, a personagem volta para assumir o papel de Deusa do Trovão, em Thor: Amor e Trovão. A previsão da estreia é para julho de 2022. A “nova” Dra. Jane Foster, terá mais ação, emoção e protagonismo, a colocando entre uma das heroínas de maior destaque.

Já na plataforma do Disney+, que nos trouxe tantas séries incríveis da Marvel, vamos conhecer duas novas heroínas. A Ms. Marvel, que apareceu pela primeira vez nos quadrinhos em 2013 e vem das HQ’s mais recentes, era uma das mais esperadas dos fãs no MCU. De origem paquistanesa, a jovem Kamala, de apenas 16 anos, mora em Nova Jersey e é admiradora da Capitã Marvel, mas ganha poderes ao ser atingida por uma névoa feita com uma substância para ativar os genes meta-humanos das pessoas. Com seus novos poderes, aprende a controlá-los, abraçando toda a sua inspiração em Carol Danvers, claro!

Continua após a publicidade

Além, de Ms.Marvel, outra que finalmente ganha sua própria franquia é a She-Hulk, a última personagem co-criada pessoalmente por Stan Lee. Conhecida no mundo dos HQ’s desde a primeira fase Marvel, a personagem, Jennifer Walters, prima de Bruce Banner (O Incrível Hulk) já esteve presente em animações infantis e infanto-juvenis. Ela ganha poderes ao receber sangue de Bruce, mas, ao contrário dele, Jennifer consegue se transformar mantendo a consciência e a inteligência emocional. É… mulheres que conseguem equilibrar as emoções também são super-heroínas.

Shuri pantera negra
Shuri assumirá o manto de Pantera Negra no segundo filme da saga.  Marvel/Divulgação

Não podemos esquecer que no segundo semestre de 2022, talvez mais para o fim do ano, vamos voltar à Wakanda e reencontrar a princesa Shuri, a inteligente irmã do Pantera Negra, que já nos impressionou pelos seus conhecimentos tecnológicos. Vinda dessas HQ’s, Shuri será a protagonista no próximo filme. Irmã mais velha de T’Challa, é ela quem passa a vestir o manto do Pantera e deve mostrar outras habilidades, além da familiaridade com os computadores, como técnicas de combate do povo de Wakanda. Certamente será de tirar o fôlego!

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade