Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

A dramática despedida de Nick Cordero

Estrela da Broadway lutou contra a COVID-19 por três meses, mas não resistiu

Por Ana Claudia Paixão - Atualizado em 6 jul 2020, 11h03 - Publicado em 6 jul 2020, 10h28

O nome de Nick Cordero é mais popular entre os fãs de musicais e os que puderam conferi-lo nos palcos americanos. Na Broadway, ele era uma das maiores estrelas dos últimos tempos, tendo aparecido em sucessos de bilheteria como The Waitress, Rock of Ages (que virou filme estrelado por Tom Cruise) e Tiros na Broadway, entre outros. No entanto, foi a dura batalha do ator contra a COVID-19 que milhares de pessoas ao redor do mundo acompanharam de perto, com os posts diários de sua mulher, Amanda Kloots, sobre o estado de saúde do ator. Depois de três meses lutando, Nick Cordero faleceu hoje (6), aos 41 anos, em Nova York, por consequências da doença.

“Deus tem outro anjo no céu agora. Meu querido marido faleceu hoje de manhã”, escreveu Roots. “Ele estava cercado de amor com sua família, cantando e rezando enquanto ele suavemente deixava esse plano”, ela escreveu em sua conta do Instagram.

View this post on Instagram

God has another angel in heaven now. My darling husband passed away this morning. He was surrounded in love by his family, singing and praying as he gently left this earth. ⠀ I am in disbelief and hurting everywhere. My heart is broken as I cannot imagine our lives without him. Nick was such a bright light. He was everyone’s friend, loved to listen, help and especially talk. He was an incredible actor and musician. He loved his family and loved being a father and husband. Elvis and I will miss him in everything we do, everyday. ⠀ To Nicks extraordinary doctor, Dr. David Ng, you were my positive doctor! There are not many doctors like you. Kind, smart, compassionate, assertive and always eager to listen to my crazy ideas or call yet another doctor for me for a second opinion. You’re a diamond in the rough. ⠀ ⠀ I cannot begin to thank everyone enough for the outpour of love , support and help we’ve received these last 95 days. You have no idea how much you lifted my spirits at 3pm everyday as the world sang Nicks song, Live Your Life. We sang it to him today, holding his hands. As I sang the last line to him, “they’ll give you hell but don’t you light them kill your light not without a fight. Live your life,” I smiled because he definitely put up a fight. I will love you forever and always my sweet man. ❤️

A post shared by AK! ⭐️ (@amandakloots) on

Nick Cordero era um dos nomes mais populares do teatro americano. Ele virou uma estrela nos Estados Unidos quando estrelou Rock Of Ages, mas ganhou reconhecimento da crítica com a adaptação para os palcos do filme Tiros Sobre a Broadway, de Woody Allen, em 2014. Foi indicado ao Tony como Melhor Ator e emendou o sucesso com outras adaptações de filmes para o teatro, como The Waitress e Desafio no Bronx (o filme dos anos 1990, foi dirigido por Robert DeNiro e escrito pelo ator Chazz Palminteri)

A batalha de Cordero, que foi internado no hospital ainda em março com pneumonia, foi dramática. O teste para COVID-19 foi positivo e o ator logo entrou em coma. Ele sofreu paradas cardíacas, septicemia, passou por diálise e teve a perna direita amputada como consequência de seu grave estado. As últimas semanas foram seus pulmões que preocupavam os médicos e a possibilidade de precisar de transplante era grande. Embora tenha conseguido vencer a COVID, Cordero não conseguiu se recuperar do tratamento. Durante a internação, chegou a perder 30 quilos.

Sua esposa manteve um diário em suas redes sociais sobre a internação, pedindo suporte a amigos e fãs. Com a hashtag #WakeUpNick, ela liderou posts de apoio ao ator, com vídeos de famosos e desconhecidos cantando e dançando como encorajamento para sua recuperação. Artistas como Steven Van Zandt e Zach Braff, amigos da família, lamentaram a morte de Nick Cordero.

“Não acreditem que a COVID apenas mata os idosos e doentes”, escreveu Braff. “Eu sou grato pelo tempo que tivemos”, acrescentou.

Continua após a publicidade

Veja o vídeo de uma apresentação de Nick Cordero cantando What A Wonderful World, em Nova York, em 2019.

 

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade