CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Cris Tarô Cris Paixão é publicitária com pós-graduação em marketing, e encontrou na terapia holística, principalmente no tarô, sua verdadeira paixão. Estudou com Adriana Kastrup e se especializou em tarô divinatório com tiragens que mostram a energia do momento atual e possibilidades futuras, através da mandala astrológica. Acompanhe seus conteúdos no Instagram (@olho___magico).

Na semana de 13 a 19/06 a energia é de novos começos e espontaneidade

O Louco, a carta da semana, é o símbolo de quem está disposta a ingressar em uma nova jornada ou mudar o rumo da vida

Por Cris Paixão 13 jun 2022, 10h34

 “De médico e louco todo mundo tem um pouco.” Quem nunca escutou essa frase? De fato, todas nós “sabemos” o que tomar para aliviar uma dor de cabeça, melhorar os sintomas da gripe ou até baixar uma febre, não é mesmo? Existem até aquelas que andam com um kit médico sempre à mão para quem precisar.

Para enfrentar os desafios da vida, de fato, não apenas temos que saber cuidar da nossa saúde física e mental, como também ter a capacidade de questionar o “status quo” e pensar de forma diferente, sempre que necessário. Caso contrário, ficaríamos literalmente loucas ou doentes. Ironicamente, “a loucura, às vezes, nos cura”.

A carta O Louco é o símbolo de quem está disposta a ingressar em uma nova jornada ou mudar o rumo da vida. Esse arcano fala sobre se lançar para algo totalmente novo. Isso pode exigir que você dê um “salto de fé”, uma expressão cunhada pelo filósofo dinamarquês Sören Kierkegaard para explicar a ruptura do estágio ético – aquele em que nos encontramos devidamente “encaixadas”, no sentido de realização pessoal ou de propósito existencial, seja alcançando a formação almejada, exercendo a profissão tida como notória ou tendo filhos e uma família convencional – para o estágio religioso que é um verdadeiro “salto no escuro”, pois não apresenta nenhuma garantia racional de sucesso, mas por isso mesmo é sua salvação. Nesse sentido, ter fé é confiar em algo que pretendemos alcançar, mesmo que não tenhamos experienciado ainda. Em outras palavras, você não precisa ver para crer.

São aqueles momentos na vida onde ou você salta, assume riscos e faz o que deve fazer para crescer, ou fica totalmente estagnada.

Filosofias à parte, isso pode significar, por exemplo, viajar para um lugar que você nunca esteve antes, iniciar um trabalho em uma nova área ou até mudar de casa para uma outra cidade. Com as experiências novas sempre existe o risco de falhar. Mas quem não arrisca não petisca. Por isso, não tenha medo! Se jogue. Mesmo que te considerem totalmente louca neste momento.

Você vai querer fazer algo fora do considerado “normal”, ou seja, dos padrões “impostos” pela sociedade de como vestir, falar, agir ou se comportar.

A mudança que essa carta pode trazer, geralmente, é muito bem-vinda. Então, nesta semana, siga o conselho de Raul Seixas e tente, como ele, “ficar com certeza maluco beleza”. Aliás, o próprio Raul também falou que “a arte de ser louco é jamais cometer a loucura de ser um sujeito normal”.

Uma ótima semana e muita luz!

Continua após a publicidade

Publicidade