Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Emoções bem-vindas

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Fique à vontade para sentir: aqui todas as emoções são bem-vindas. A curadoria de textos é feita por Helena Galante. Para compartilhar suas palavras, escreva para hgalante@abril.com.br
Continua após publicidade

“Saúde mental não é privilégio, é direito”

Izabella Camargo lança manifesto pela criação de equipamentos de proteção individual (EPIs) da saúde mental

Por Izabella Camargo
Atualizado em 30 Maio 2024, 12h49 - Publicado em 29 Maio 2024, 20h00

“Como vocês estão se sentindo? Como estão os liderados de vocês? Como será que estão as pessoas que trabalham conosco?” Foi com essas perguntas que a jornalista Izabella Camargo começou sua conversa com quase 1000 pessoas no último dia 20 de maio. Realizado em parceria com o Zenklub e a Gupy. o evento propôs um manifesto em prol da criação dos EPIs da Saúde Mental.

Segundo dados do Ministério da Previdência Social, houve um aumento de 38% dos afastamentos no trabalho por problemas mentais, só em 2023. Isso totaliza uma perda de 4,7% do PIB nacional, ou 397,2 bilhões de reais anuais, segundo a Federação das Indústrias de Minas Gerais – além do impacto profundo na qualidade de vida de milhares de brasileiros.

Em busca de proteger a saúde mental no ambiente de trabalho, Izabella Camargo buscou inspiração nos Equipamentos de Proteção Individual criados nas indústrias do século XX para criar novos instrumentos e recursos para a proteção da saúde, os EPIs da Saúde Mental.

Confira a seguir as metas e compromissos do manifesto – e acompanhe como participar desse movimento em https://episdasaudemental.com.br

Continua após a publicidade
Plateia no evento de lançamento do Manifesto de criação dos EPIs de Saúde Mental: só no ano passado, tivemos um aumento de 38% nos afastamentos de trabalho por problemas de saúde mental, liderado pela jornalista Izabella Camargo
Plateia no evento de lançamento do Manifesto de criação dos EPIs de Saúde Mental: só no ano passado, tivemos um aumento de 38% nos afastamentos de trabalho por problemas de saúde mental (Divulgação/Divulgação)

“Meta Concreta: Após ampla coleta e análise de dados (tempo, quantidade e qualidade suficientes para cada avanço científico), proporemos a regulamentação de equipamentos e diretrizes nas empresas para assegurar a proteção mental dos trabalhadores.

Compromissos do Manifesto: Este documento declara nosso compromisso de:

Continua após a publicidade

1. Apoio Institucional: Engajar líderes, gestores de RH, profissionais de saúde ocupacional e de segurança do trabalho e outros tomadores de decisões coletivas na construção de uma cultura organizacional que priorize a saúde mental e o bem-estar dos colaboradores, reconhecendo-a como um fator fundamental para o sucesso sustentável do negócio; e

2. Responsabilidade Compartilhada: Promover um diálogo contínuo, aberto e colaborativo para desenvolver e implementar soluções eficazes e personalizadas para a saúde mental, assegurando a proteção e o cuidado da saúde mental de todos os colaboradores.

Compromissos Adicionais: Comprometemo-nos a:

Continua após a publicidade

1. Substituir a cultura do “sucesso a qualquer custo” por uma cultura do “brilho nos olhos”, reconhecendo que o sucesso sustentável exige o bem-estar individual e coletivo.

2. Compreender que o sucesso é um processo contínuo que exige dedicação e cuidado constante. Sem uma equipe saudável e engajada, o sucesso a longo prazo se torna inviável.

3. Promover o aprendizado contínuo sobre saúde mental e bem-estar, reconhecendo e acolhendo as dores invisíveis, combatendo o estigma e promovendo a empatia e a compaixão como pilares para um ambiente de trabalho saudável.

Continua após a publicidade

Chamado à Ação: Este manifesto é um chamado à ação. Unimos necessidades, vontades e esforços para garantir que cada membro da força de trabalho possa operar em um ambiente de trabalho seguro, saudável e que promova o bem-estar integral.

Juntos, podemos transformar o ambiente de trabalho e assim avançarmos rumo à Produtividade Sustentável.

A saúde mental não é privilégio de ninguém, é direito de todas as pessoas!”

Izabella Camargo, jornalista especializada em saúde mental no trabalho, fala em evento de lançamento do manifesto de criação dos EPIs de Saúde Mental: "A saúde mental não é privilégio de ninguém, é direito de todas aspessoas!"
Izabella Camargo: “A saúde mental não é privilégio de ninguém, é direito de todas as pessoas!” (Divulgação/Divulgação)

Izabella Camargo, 43 anos, é jornalista paranaense especializada em comunicação corporativa com enfoque em saúde mental.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.