CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Denise Steiner Por DERMATOLOGIA A médica Denise Steiner é dermatologista, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e doutora pela Unicamp

Como a tecnologia 4D pode ajudar sua pele?

A tecnologia 4D consegue, numa só sessão, atingir as várias profundidades da pele, compactando a hipoderme e promovendo um estímulo com efeito lifting

Por Denise Steiner Atualizado em 16 dez 2021, 10h45 - Publicado em 16 dez 2021, 10h00

A pandemia trouxe várias consequências deixando lições que podemos aproveitar para melhorar nossa qualidade de vida. Ela evidenciou que, de maneira geral, estamos com sobrepeso ou até obesos e que nosso organismo está muito inflamado por dentro.

A comorbidade que mais afetou o prognóstico da Covid-19 foi justamente esse excesso de peso associada à resistência à insulina, síndrome metabólica, ambas alterações que refletem uma grande inflamação interna.

Veja também: Rosácea: o que é e como tratar essa doença

A pele também teve consequências, ficando mais avermelhada, manchada e envelhecida. O melasma piorou, acnes e dermatites surgiram, além da queda de cabelo muito intensa, tudo isso relacionado a essa inflamação intensa.

A tecnologia 4D, que consegue ao mesmo tempo, numa só sessão, atingir as várias profundidades da pele, pode ajudar na melhoria da pele. Isso porque essa tecnologia emite luzes de comprimentos de onda variados, que irão produzir calor e estimular as várias camadas da pele, quais sejam: epiderme, derme e hipoderme.

O primeiro “D” usa um laser levemente ablativo que promove a troca e renovação celular. Esse laser fará, através desse calor, um processo de limpeza de agentes oxidantes que estão deixando a pele avermelhada.

O segundo “D” atinge a derme profunda, melhorando a parede dos vasos e melhorando a irrigação dela. Além disso esse comprimento de onda, através do calor, estimula a formação de mais fibras de colágeno e fibras elásticas.

O terceiro “D” é a aplicação do laser dentro da boca, usando também um laser ablativo que não causa dor e que melhora e tonifica a região ao redor da boca. O sulco nasogeniano e o contorno da boca melhoram com somente uma sessão.

Continua após a publicidade

O quarto “D” é um comprimento de onda muito profundo, atingindo a fáscia muscular, compactando a hipoderme e promovendo um estímulo com efeito lifting, além da sensação de emagrecimento. Esse tratamento tem riscos mínimos, deixa a pele ligeiramente avermelhada por 24 horas, ocorrendo depois uma descamação fina e discreta que dura cerca de três dias.

Não há necessidade de preparo especial para o tratamento 4D. Em geral fazemos uma a duas sessões com intervalo de um a três meses. Essa tecnologia pode ser usada em todos os tipos de pele e em qualquer idade. Diferentemente de outras tecnologias, a pele submetida a essa pode estar bronzeada. Nos dias subsequentes à aplicação 4D usamos hidratantes e também filtro solar constantemente.

O custo-benefício deste procedimento é muito grande, podendo reverter os malefícios causados pela pandemia. Além disso, manter um estilo de vida saudável também é importante para conservar os resultados positivos.

Cuide-se.

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade