Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Não quer abrir mão da festa? Cuidados para comemorar no novo cenário

Poucos convidados, frascos de álcool em gel a postos e distanciamento são elementos essenciais do atual cenário de festas para não adiar um evento especial

Por Marina Marques - Atualizado em 17 out 2020, 15h29 - Publicado em 17 out 2020, 15h00

Com certeza este não foi o melhor ano para festas e, enquanto o distanciamento social for recomendado para nos protegermos contra o novo coronavírus, as celebrações como conhecíamos ainda não poderão voltar a acontecer. A situação causou tristeza e frustração a muita gente, que viu casamentos e outros eventos tão sonhados serem cancelados. Agora, porém, com a flexibilização, algumas soluções foram encontradas para comemorarmos as datas mais significativas, desde que adaptados à nova realidade.

Roberto Seba/CLAUDIA

A primeira e mais importante condição é reduzir – muito! – a lista de convidados. “As festas se tornaram mais íntimas”, conta a decoradora Maria Pietroforte, que ajudou a fazer do aniversário de CLAUDIA inspiração para uma festa marcante e segura. Ela ressalta que é preciso atenção a detalhes como servir em pratos individuais e usar cúpulas para proteger a comida. No espaço Casa Quena, compartilhamos ideias elegantes para você reunir pessoas queridas e cultivar a felicidade.

A decoradora Maria Pietroforte optou por flores nobres de uma paleta análoga. Entre as espécies estão tulipas roxas, orquídeas borboleta, vanda fúcsia, renanthera vermelha e callas vinho. “Além de inspirador, o arranjo não exige estrutura e é fácil de reproduzir”, explica.

Roberto Seba/CLAUDIA

FEITO PARA VOCÊ

Máscaras e frascos de álcool em gel ganharam status de acessório neste ano e nos acompanham em todo lugar. Em uma festa, por que não oferecer esses itens de forma especial? A @arrozdefestapersonaliza cria soluções customizadas, como as pantufas personalizadas. Além de dar mais conforto aos convidados, o calçado evita que eles entrem com os sapatos sujos no ambiente. Essas novas demandas para pequenas celebrações trouxeram um respiro para o setor de eventos, que tanto foi prejudicado com a pandemia. “Como a ideia é seguir ajudando quem precisa, a cada cinco máscaras vendidas, doamos uma. Já foram mais de 500 encomendas”, explica Mariana May, sócia da empresa.

Roberto Seba/CLAUDIA
Roberto Seba/CLAUDIA
Roberto Seba/CLAUDIA

Especialista em flores de açúcar, a cake designer Rossana Schrappe notou logo no começo do isolamento o aumento dos pedidos de minibolo. “Diante desta crise, nos momentos simbólicos, sentimos maior necessidade de celebrar a vida. Como a festa é em casa, só com a família, o bolo não precisa ser grande. Há também quem encomende vários e distribua entre amigos e parentes para comemorar virtualmente”, conta a proprietária da @homemadecakes. Além de charmosa, a cúpula protege a sobremesa.

Roberto Seba/CLAUDIA
Roberto Seba/CLAUDIA

Agradecimentos a Gandalua, aluguel para festas.

Texto Marina Marques | Fotos Roberto Seba | Concepção visual Lorena Baroni Bósio

O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

Continua após a publicidade
Publicidade