Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Arranjos de flores surpreendentes se tornam peças de design na decoração

Produzidos por floristas de olhar apurado, estas composições trazem mais charme e vida para qualquer ambiente

Por Marina Marques - Atualizado em 21 set 2020, 10h55 - Publicado em 19 set 2020, 17h00

FRESCOR POSSÍVEL

Arranjo de flores
Roberto Seba/CLAUDIA

Para evitar o uso da espuma floral (elemento que dá sustentação às flores, mas contém muito plástico), a arquiteta e paisagista Simone Couto utiliza alternativas ecológicas nas composições da @liricasbotanica. Esta, com peônia, ranúnculo, chuva-de-prata e dália, é estruturada com tela de galinheiro reutilizável.

FASE ROSA

Arranjo de flores
Roberto Seba/Claudio Beltrame

O clima festivo do Carnaval inspirou o @estudio_pima a criar a instalação Planetas Botânicos. O colorido arranjo, de formato esférico, foi elaborado para ser pendurado, criando uma nuvem floral. Mais tranquila, a paleta da composição da @amaryllis_floral leva rosa, gipsófila, perpétua, sempre-viva, estátice e capim.

BELEZA PROLONGADA

Arranjo de flores
Roberto Seba/CLAUDIA

O arranjo com protea exímia, samambaia selvagem, amaranto e folha de palmeira-leque (à esquerda) é feito com as espécies já secas. “É poesia para guardar”, diz Gabriela Nora, fundadora da @_galeriabotanica. Já a criação da @cartas_floridas chama a atenção pelo mix de texturas em tom monocromático, alcançado com spray. A composição faz parte da coleção Colorblock. A tilândsia, planta aérea da família das bromélias, é o grande destaque no buquê da @vemfestaporai. “Ela é especial porque floresce apenas uma vez”, explica a sócia, Marília Pelissari.

ESTILO ÚNICO

Arranjo de flores
Roberto Seba/CLAUDIA

Confeccionado em uma bolsa de palha, o buquê da @conceitobothanico é também um presente perfeito. “Crio com base nas histórias de cada um porque, para mim, não faz sentido vender composições predefinidas, iguais. Repito bastante certas flores, mas incluo sempre uma surpresa”, explica a proprietária, Katia Gamarano. Para a arquiteta e paisagista @taispuntel, a tendência dos arranjos secos trouxe novas possibilidades para essa arte. “O estilo ganhou visibilidade por ser sustentável e pelo visual contemporâneo. Já a aplicação de cor envolve estudo de paleta e até certa arquitetura”, afirma ela, que optou por combinar rosa, cobre e dourado no buquê com latânia e hortênsia.

Tecidos, Spazio Donatelli; molduras, FastFrame; malas, Natural Gifts; banquinho e caixote, Openbox2; vasos, acervo pessoal das floristas.

Texto Marina Marques | Fotos Roberto Seba
Produção Florise Oliveira | Concepção Visual Lorena Baroni Bósio

Resiliência: como se fortalecer para enfrentar os seus problemas

Continua após a publicidade
Publicidade