Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Rachel Jordan Referência no mercado de consultoria de imagem, Rachel Jordan é especialista em comportamento profissional e atua como consultora, mentora e palestrante para empresas e pessoas que desejam desenvolver suas habilidades emocionais e alavancar a carreira. Co-autora do Livro À Sua Moda – 4Talks, Rachel também ministra cursos e workshops na área

Saiba como a gestão humanizada pode ajudar no sucesso do seu negócio

"Sem credibilidade e respeito, um(a) líder nunca será um exemplo", diz a especialista em imagem e comportamento Rachel Jordan

Por Rachel Jordan 15 set 2021, 18h27

Desde o nascimento somos impactados(as) por pessoas que se transformarão em exemplo para cada um(a) de nós. Nossos primeiros referenciais surgem através dos nossos pais, avós, irmãos e, mais adiante, outros núcleos familiares, professores e amigos.

Com algumas exceções, essas são as pessoas que serão nossos exemplos por toda uma vida ou em boa parte dela. Afinal, desde a infância somos estimulados a seguir o exemplo de pessoas que nos inspiram, motivam e que admiramos e respeitamos pelos valores que transmitem.

E na trajetória profissional acontece o mesmo. Buscamos como ideal de desenvolvimento profissional líderes que saiam de um patamar inatingível e se revelem como exemplos a serem seguidos por suas boas práticas cotidianas no ambiente de trabalho.

Veja também: Ansiedade e pânico marcam o fim do isolamento para introvertidos

Diariamente nos deparamos com situações que nos demonstram a importância do exemplo em diferentes instâncias de nossas vidas. Mas como ser admirada(o), respeitada(o) e vista(o) como exemplo se nosso comportamento não estiver de acordo com os valores que pregamos?

É importante termos consciência de que um bom líder é aquele(a) que conquista pelo exemplo que passa, pela credibilidade e confiança que transmite.

Dar exemplo significa motivar, transmitir confiança, entusiasmo e conduzir uma pessoa no caminho do crescimento. É ter autoconhecimento para em situações delicadas manter o equilíbrio e encorajar quem está ao seu lado a seguir em frente.

É bem verdade que todos os dias somos testados em nossos limites com situações que nos tiram do sério. Nesses momentos nossa capacidade de servir como exemplo é colocada em xeque. Liderança exige autocontrole, empatia e humildade.

Um(a) líder que deseje ser visto(a) como exemplo precisa transmitir positividade em todos os cenários, especialmente nas situações de crise. É nessa condição que o exemplo do (a) líder será fundamental. A escolha de como conduzir um problema frente à empresa e seus colaboradores será decisiva na imagem que passará para o seu time.

Continua após a publicidade

Sem credibilidade e respeito, um (a) líder nunca será um exemplo. Como exigir pontualidade e comprometimento se você é a primeira pessoa a se atrasar para uma reunião ou apresentação para a equipe?

Como cobrar respeito entre os pares se não consegue tratar seus colaboradores com educação e de forma respeitosa? Um (a) líder precisa ter atitudes alinhadas com a sua narrativa.

Num mercado em que o mix geracional está em alta, as empresas têm buscado gestores que gerenciem suas equipes com habilidades mais humanizadas de liderança.

Abaixo dou a vocês algumas dicas de como se tornar um exemplo para seu time:

Autoconhecimento e segurança – Seja um(a) líder capaz de extrair de cada colaborador o que ele tem de melhor. Demonstre segurança e autoconhecimento. Ofereça suporte, ajude cada um a quebrar suas barreiras internas e a descobrir seus talentos. Motive sua equipe a desempenhar o trabalho com excelência e a ser melhor a cada dia.

Transparência e entusiasmo – Demonstre respeito pelo seu trabalho e pela empresa, seja o primeiro a vestir a camisa do seu time. Mostre diariamente o quanto você acredita naquilo que faz e o quanto está comprometido com a sua missão na empresa. Seja transparente nas suas ações e demonstre entusiasmo frente a novos desafios, essa é uma maneira de conquistar a confiança de seus colaboradores e motivá-los a seguir o seu exemplo.

Igualdade e sabedoria – Não é se colocando numa posição de superioridade que você servirá de exemplo, pelo contrário. Seja mais um membro da sua equipe; lidere, mas o faça de igual para igual. Trate a todos com educação e respeito, mesmo nas situações mais difíceis. É preciso estar preparado para as adversidades e para saber administrá-las com sabedoria e profissionalismo. Cultive um ambiente de cordialidade e acolhimento.

Conhecimento e aprendizado – Um(a) líder que deseje ser admirado(a) por suas ideias e atitudes precisa ter domínio de todas as questões relacionadas à sua área. O mundo está se movimentando de forma muito veloz, apresentando novos saberes e exigindo novos aprendizados diariamente. Um(a) líder que pretenda ser um exemplo deve estar alinhado(a) com as inovações de seu segmento para transmitir suas decisões com competência e segurança.

Humildade e feedback – Tenha a humildade de entender que você não é o dono da verdade e que não tem conhecimento de tudo o tempo inteiro. Saiba ouvir e esteja disposta(o) a aprender com a sua equipe, faça dos feedbacks um ponto a seu favor. Essa é uma forma de avaliar no que está acertando e no que precisa melhorar para ser reconhecido pelo seu time. Esteja aberta(o) a mudar, a rever alguns comportamentos e atitudes. Essa é uma forma positiva de conquistar o respeito da sua equipe e se tornar um exemplo.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade