Clique e assine com até 75% de desconto
Denise Steiner Por DERMATOLOGIA A médica Denise Steiner é dermatologista, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e doutora pela Unicamp

Tratamento com fios para flacidez da pele do rosto é seguro?

Eles têm dupla ação, levantando a pele para suavizar flacidez e rugas, e estimulando a produção de colágeno. Veja como funciona

Por Denise Steiner Atualizado em 19 nov 2020, 09h59 - Publicado em 19 nov 2020, 14h00

Os fios para tratamento da flacidez facial e corporal fruto de pesquisas incansáveis de novas tecnologias que estão se tornando populares nos últimos tempos. Eles podem ser de ácido polilático ou polidioxanona (PDO), que são substâncias bio compatíveis, não alergizantes e não definitivas. Isso significa que eles são metabolizados pelas enzimas naturais do organismo e são eliminados ao longo do tempo.

Os fios têm dupla ação, promovendo tração e levantamento, além de estímulo do colágeno. O efeito de levantamento é interessante e reposiciona os tecidos com resultados duradouros. Os fios de PDO também têm potencial de estimular todo colágeno ao seu redor.

Todos os ligamentos e traves que seguram o tecido são estimulados como se fossem afluentes de uma via principal, conseguindo tonificação e reconexão geral das estruturas anatômicas.

Temos dois tipos de fios: os espiculados, que possuem “espinhos” ao longo da sua extensão, e os fios lisos, que estimulam maior produção de fibras de colágeno. Os espiculados são aqueles que promovem efeito “lifting”, sendo introduzidos no plano subdérmico fazendo vetores especiais para tracionar a pele. Eles vêm acoplados a cânulas que são retiradas assim que ocorre o posicionamento do fio.

Já os lisos são colocados em formato de jogo da velha para que possam estimular o colágeno em todas as direções. A região dos olhos que apresenta rugas intensas tem grande resultado com a implantação dos fios lisos, que também são acoplados a agulhas ou cânulas e quando aplicados há necessidade de anestesia local.

Podem ser aplicados muitos fios ao mesmo tempo, já que os efeitos colaterais são discretos como hematomas, projeção de fios e ligeira inflamação no orifício de entrada.

Continua após a publicidade

O resultado ideal ocorre com cerca de 3 meses da aplicação e a duração chega a 24 meses, dependendo de fatores genéticos, idade, associação ou não com doenças sistêmicas, nutrição e até estresse. O tratamento com fios para flacidez de pele é seguro, eficaz e promissor.

Veja também

Por que os cabelos caem?

Conheça o novo produto específico para prevenir o envelhecimento do queixo

Para que serve o peeling? Conheça as várias utilidades do procedimento

Estou com câncer de mama. E agora?

 

Continua após a publicidade
Publicidade