Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Casa Clã: Caroline Apple traz a urgência da autorresponsabilidade

Caroline participará de talk na Casa Clã ao lado de Sofia Menegon para debater e refletir as questões mais urgentes do amor

Por Kalel Adolfo
Atualizado em 7 mar 2023, 10h24 - Publicado em 2 mar 2023, 09h44

De 8 a 11 de março, CLAUDIA — em parceria com as marcas Boa Forma, Bebê.com e Elástica — apresenta o Casa Clã, evento que promove conversas e reflexões lideradas por vozes femininas acerca de tópicos como saúde física e mental, autoconhecimento, carreira, arte e relacionamentos amorosos. Aliás, sobre esta última temática, chamamos a nossa colunista Caroline Apple — de A Parte Que Me Cabe — para enaltecer a importância da autorresponsabilidade em vínculos afetivos.

“Precisamos sair do lugar de vítima e nos tornarmos agentes transformadores de nossa realidade. Tudo isso dentro do que nos cabe. É justamente por isso que nomeio a minha coluna como A Parte Que Me Cabe”, explica a jornalista e idealizadora do @namastreta.

Para ela, toda relação possui uma série de papéis e personagens disponíveis, sendo um deles o de vítima. E ao escolhermos este lugar específico, tendemos a responsabilizar o outro por estarmos vivenciando uma situação negativa. “O que realmente existe é uma corresponsabilidade. Porém, a responsabilidade maior precisa ser a nossa. Caso contrário, damos muito poder e munição nas mãos de quem está conosco”, esclarece.

Autorresponsabilidade em diferentes formatos de relacionamento

A jornalista garante: compreender essa questão é um processo espiralado, pois nunca saberemos o momento em que podemos assumir o papel de vítima novamente. “Quando aprendemos, não significa que absorvemos tudo, e sim que aumentamos o grau de compreensão. Provavelmente iremos passar por aquilo de novo, mas o importante é estar aberto a reconhecer isso e buscar meios de escapar. E claro, quem possibilita toda essa evolução é o autoconhecimento”, garante.

E falando em autoconhecimento, esta é uma ferramenta ideal para decidir o que preferimos: estar num formato de relação aberto ou fechado (que, inclusive, é um dos temas da mesa de Casa Clã): “Precisamos nos conhecer para sermos honestos em relação àquilo que realmente desejamos. O que acontece hoje é que as pessoas não assumem os verdadeiros motivos para tomarem certas decisões. Às vezes estamos num casamento ou namoro infeliz e, ao invés de encarar isso, criamos subterfúgios para dar uma sobrevida àquele vínculo. Não tem problema algum em abrir por estar insatisfeito, mas normalmente não estamos falando deste lugar.”

Continua após a publicidade

Segundo Apple, as relações abertas, em grande parte das vezes, vêm mascaradas com altruísmo e até mesmo uma certa romantização. Tudo isso para ocultar aquelas motivações que consideramos vergonhosas ou pouco nobres. “Não quero julgar de forma alguma, mas muitos afirmam que o relacionamento aberto é o futuro. Porém, às vezes, o presente não sustenta esse futurismo. Não adianta eu achar que o amor é livre, que cada um faz o que bem entender, e dentro de mim eu ter questões emocionais que não sustentam aquela história.”

Ela dispara que, sem que percebamos, estes formatos promovem um processo de sofrimento em nome de um ideal. “Quero reiterar: não é questão da monogamia ser certa ou errada. Não existe modelo correto. O que existe é o formato que eu dou conta e sou capaz de viver. O autoconhecimento nos traz clareza sobre o porquê de estarmos querendo viver de maneira x ou y.”

Ela conclui dizendo que a oportunidade de trazer essas e outras reflexões amorosas na Casa Clã é um convite para entendermos que todos estamos juntos nessa. “É necessário entender que muitos vivem as mesmas questões que nós. Isso nos dá um norte do que fazer, ao invés de uma receita de bolo. Até porque, na prática, só damos conta daquilo que temos capacidade. Falar sobre isso é curador tanto para quem escreve quanto para quem ouve”, conclui.

Quer saber onde esta discussão irá chegar? Então anote no calendário: a mesa com Caroline Apple e Sofia Menegon vai rolar na sexta-feira (10), às 12h.

Continua após a publicidade

Informações gerais da Casa Clã

View this post on Instagram

A post shared by CLAUDIA (@claudiaonline)

Casa Clã acontecerá de 8 a 11 de março na Casa Higienópolis, em São Paulo, e é uma iniciativa das nossas grandes vozes femininas da Editora Abril: Boa Forma, CLAUDIA, Bebê.com e Elástica, com patrocínio de MSD e Buscofem, e apoio de Kia, Intimissimi, Calzedonia, Sculptra, ANK Jewellery e LinkedIn.

As inscrições já estão abertas para o público – inscreva-se: dias 09, 10 e 11 de março. Para não perder, siga as redes sociais de CLAUDIA,  Boa Forma, Bebê.com e Elástica.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.