Meghan não deverá ser madrinha do príncipe Louis; saiba o porquê

Em lista de apostadores, a duquesa de Sussex aparece em 13º lugar

Desde o anúncio oficial sobre o batizado do príncipe Louis –  o caçula do príncipe William e de Kate, a duquesa de Cambridge -, os ingleses estão apostando em quem serão os padrinhos escolhidos pelo casal para o pequeno.

No entanto, ao contrário do que muitos pensam, Meghan Markle, a duquesa de Sussex, não está na lista de nomes mais bem cotados. Ela aparece em 13º lugar. O motivo? Kate e William até agora não escolheram membros próximos da família real para batizar os filhos.

Leia também: Batizado de Príncipe Louis tem conexão especial com Lady Di

Em comunicado à imprensa, Jessica Bridge, da casa de apostas Ladbrokes, afirmou que a tendência deve se manter. “Com George e Charlotte, William e Kate privilegiaram amigos e seus funcionários, em vez de membros próximos da família. As probabilidades sugerem que o mesmo acontecerá com o príncipe Louis.”

Entre os três principais candidados, de acordo com os apostadores, estão a ex-babá e assistente de William e Harry, Tiggy Pettifer; o (em breve ex) secretário pessoal do príncipe William, sobre quem o duque de Cambridge fez comentários carinhosos quando anunciou que deixaria o palácio; e Laura Lopes, filha de Camilla, a duquesa de Cornwall e mulher do príncipe Charles.

Veja mais: 6 atitudes de Meghan Markle que provam o quanto ela irá impactar o mundo

A cerimônia de batismo acontece no próximo dia 9, na Capela Real do palácio St. James, em Londres. E só ali o público conhecerá quem  serão os padrinhos do pequeno príncipe. O anúncio será fdivuleito palácio de Kensington.