4 mudanças de hábito simples para começar 2020 mais leve

Parece simples e é! O novo ano pode ser incrível quando velhas práticas são melhoradas ou deixadas de lado.

Existem hábitos cotidianos que roubam nossa paz e nem sempre conseguimos perceber. São coisas simples, mas que sempre acabam ocasionando em algum problema maior, ou congestionamentos no dia a dia.

De acordo com a Organização mundial da Saúde (OMS), o Brasil viveu uma epidemia de ansiedade em 2019. Segundo o órgão, são 18,6 milhões de pessoas que sofrem com o transtorno, representando 9,3% da população.

Além de procurar uma ajuda profissional como a psicoterapia, existem alguns hábitos que podemos mudar para melhorar nossa qualidade de vida e começar o ano de 2020 de forma diferente, mais leve e com menos preocupações.

E, sim, é possível começar com atitudes bem pequenas, mas simbólicas. CLAUDIA separou 4 hábitos que podem para uma vida mais leve em 2020. Confira!

1. Comece um exercício físico

Não precisa ser algo extraordinário como escalar uma montanha ou se inscrever em uma maratona (a menos que você esteja muito animada), mas vale começar com uma caminhada ou corrida pelas ruas do bairro, aulas de Yoga, meditação ou aulas de dança. O que muitas pessoas já sabem é que o exercício físico favorece não somente o nosso corpo, mas também a mente.

Segundo o personal trainer Guilliano Esperança, a atividade física ativa três hormônios que auxiliam na melhora da mente. “Na atividade física, temos o auxílio da dopamina, serotonina e endorfina. O primeiro hormônio é responsável por auxiliar nosso reforço durante o exercício. O segundo, vai gerar a sensação de bem-estar, um estado emocional positivo e o terceiro, um anestésico natural, que gera prazer. É um verdadeiro trio a favor do estado mental positivo”, disse.

Além disso, a concentração na atividade faz com que nossa mente esqueça por hora do que nos causa desconforto ou tristeza. “Durante o esforço físico o metabolismo precisa atender a demanda do esforço muscular. O momento que você está puxando o ar para manter a respiração normal, desviamos a nossa energia para o corpo, os problemas então perdem sua capacidade de se nutrir”.

2. Tire um tempo para você, de verdade!

O que mais se fala hoje em dia, principalmente, nas redes sociais é sobre autocuidado. Essa é uma questão constantemente ignorada por muitas pessoas: trabalhar, estudar, e tantas outras atribuições roubam momentos preciosos que muitas vezes poderíamos estar cuidando do nosso corpo.

Se desconectar das redes sociais nem que seja por uma hora para ler um livro, por exemplo, pode aumentar a sua concentração. Marcar aquela visita na terapia para entender como anda a cabecinha também é fundamental.

E não são só esses pontos que estão relacionados com autocuidado. Dormir cedo, beber mais água, se desligar por 15 minutos da correria do dia a dia é também cuidar de si. Diminuir o ritmo da agenda, marca aquela viagem que sempre sonhou, ou apenas maratonar a série preferida. Se conectar com você mesma é de fato, cuidar.

3. Apertar o botão “soneca” do despertador? Não mais!

E falando em sono regulado…. Quem nunca apertou aquela soneca de 5 minutinhos quando o celular desperta, não é mesmo? Esse pode ser um hábito comum para muitas pessoas, mas parando para pensar, você está indiretamente deixando suas tarefas “para mais tarde” e pode ocasionar em atrasos e atrapalhar sua produtividade.

Esse hábito coloca você automaticamente em um estado de procrastinação. Segundo a especialista em desenvolvimento humano, Vivian Wolff, “Levantar assim que o despertador toca interrompe esse processo e ajuda a começar o dia com tempo suficiente e sem correria”.

4. Não se compare com outras pessoas

Cair na armadilha da comparação é algo muito fácil em tempos de redes sociais. Muitas vezes, esquecemos na nossa essência e de quem somos de fato quando nos deparamos com alguém que na internet é mais famoso, bem-sucedido ou faz viagens incríveis quase sempre.

Esse é um hábito totalmente destrutivo, por isso é importante seguir pessoas com quem você se identifica – e como mencionado no tópico 2 – diminuir o uso nas redes sociais.

Admirar pessoas é supernormal, todos nós admiramos. Mas cair no abismo de tentar ser alguém que não é, mina totalmente a  sua criatividade, além de frustrar muitos planos e sonhos. Foque em si.

Leia mais:Em fotos: veja tudo o que aconteceu no Melhores do Ano 2019

+ Relembre os bebês de famosos que nasceram em 2019

PODCAST – Renove seu estilo com as roupas que você já tem no armário

%d blogueiros gostam disto: